Sonnen se recusa a pedir anulação da vitória de Anderson Silva e tem discurso cauteloso

Sonnen se recusa a pedir anulação da vitória de Anderson Silva e tem discurso cauteloso

O americano é conhecido por criar polêmicas, mas tem um apresentado um discurso cauteloso desde a derrota.

Aguardada durante muito tempo, a segunda luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen não deixou de ter polêmicas mesmo após o resultado final. O brasileiro foi declarado o vencedor por nocaute técnico, mas uma joelhada aplicada na luta virou motivo para críticas. Há quem considere o golpe ilegal, e a equipe do americano cogitou pedir a anulação da luta por isso. Mas o americano se recusou a fazer isso, em entrevista para o site MMA Fighting.

Chael Sonnen explicou que a decisão do juiz Yves Lavigne, que estava dentro do octógono, precisa ser respeitada. "Nós não temos replay instantâneo nesse esporte e nem devemos ter. Tudo se resume ao julgamento do juiz e onde ele disse que a joelhada pegou é onde pegou. Ele é um funcionário excelente, todos são. E eu nunca vou reclamar ou olhar para trás", prometeu Sonnen.

O americano é conhecido por criar polêmicas, mas tem um apresentado um discurso cauteloso desde a derrota. Ele já tinha afirmado que "o melhor venceu" e agora foi ainda mais humilde: "você tem que saber perder. É realmente fácil ganhar, mas você tem que saber perder. Às vezes você tem que ser homem para olhar para cima, engolir isso e sair", declarou.

A dura derrota para Anderson fez com que a aposentadoria de Sonnen passasse a ser cogitada. Mas na mesma entrevista ele disse que ainda não decidiu se vai parar de lutar. "Você tem que deixar uns 30 dias passarem. Em qualquer coisa na vida você não toma uma decisão baseada na emoção", disse o americano, que nem de longe tem lembrado o atleta polêmica e falastrão que provocou Anderson Silva nos últimos meses.

Fonte: Terra