Chelsea marca aos 48 do 2º tempo e é campeão da Liga Europa

Chelsea marca aos 48 do 2º tempo e é campeão da Liga Europa

A conquista surge como uma recuperação após a perda do Campeonato Inglês para o Manchester United

A torcida do Chelsea pode comemorar pela primeira vez um título após a derrota no Mundial de Clubes para o Corinthians. E ele não poderia vir de forma mais emocionante. A equipe inglesa aproveitou uma falha do zagueiro brasileiro Luisão e usou um gol aos 48 minutos do segundo tempo para vencer o Benfica por 2 a 1 e conquistar o título da Liga Europa, nesta quarta-feira, em Amsterdã-HOL.

A conquista surge como uma recuperação após a perda do Campeonato Inglês para o Manchester United, campeão por antecipação, mas principalmente como uma despedida para o técnico Rafa Benítez que confirmou sua saída no fim da atual temporada. Bastante questionado pela torcida, Benítez deixa a equipe com o título e a vaga na Liga dos Campeões.

Já o Benfica vive dias difíceis. Além da derrota na Liga Europa, a equipe praticamente deixou o titulo português escorrer pelas mãos de forma bem semelhante à final desta quarta-feira. No último fim de semana, os lusitanos levaram um gol nos acréscimos do Porto e viram o rival ultrapassá-lo na tabela e assumir a primeira colocação da competição a apenas uma rodada do fim.

O Benfica também sofre de uma ?maldição? desde os anos 60. Técnico bicampeão europeu no clube em 1960 e 1961, Béla Guttmann pediu aumento para o time pelos feitos e acabou demitido. Na sua saída, disse que o time ficaria 100 anos sem conquistar um título europeu. Já se passaram 52 e o duelo contra o Chelsea foi a sexta final europeia que o time perde.

O Benfica começou com o domínio da partida. A equipe tinha a posse de bola e trabalhava melhor as jogadas explorando a boa troca de passes e a velocidade de seus jogadores. O time chegou a criar três chances de gols concretas com poucos minutos do primeiro tempo.

O Chelsea apostava no contra-ataque e nos lançamentos, e conseguiu equilibrar o jogo no decorrer do primeiro tempo ao adiantar a marcação. Mesmo inferior na partida, teve uma grande chance aos 38 minutos do primeiro tempo, quando Lampard acertou uma bomba com efeito de fora da área e Artur, com muito reflexo, fez uma ótima defesa.

No início do segundo tempo, o Benfica até abriu o placar com Cardozo, que cabeceou para o fundo das redes, mas o árbitro assinalou o impedimento e invalidou o lance.

O gol que valeu foi o do Chelsea em uma falha incrível do zagueiro Luisão aos 14 minutos da etapa final. Fernando Torres ganhou na marcação do meio de campo, ganhou na velocidade de Luisão, invadiu a área, tirou o goleiro Artur da jogada e mandou para as redes.

O time português ficou abalado com a derrota parcial após ser superior em boa parte da partida e deu confiança ao Chelsea.

Mas quando o momento parecia ser dos Blues, os ingleses retribuíram o presente. Aos 21 minutos, Azpilicueta cometeu um pênalti bobo ao abrir os braços e colocar a mão na bola dentro da área. O árbitro não perdoou. Cardozo bateu firme e empatou o placar.

O jogo ficou um pouco morno e caminhava para a prorrogação, mas o Chelsea estava em dia iluminado. Em cobrança de escanteio aos 48 minutos da etapa final, Ivanovic cabeceou certeiro e marcou um gol histórico que deu o título à equipe inglesa.


Chelsea marca no minuto final do 2º tempo e é campeão da Liga Europa

Chelsea marca no minuto final do 2º tempo e é campeão da Liga Europa

Chelsea marca no minuto final do 2º tempo e é campeão da Liga Europa

Fonte: UOL