China pede desculpas por confusão em jogo contra brasileiros

O terceiro amistoso entre a seleção brasileira masculina de basquete, representada pelo Joinville, e a China terminou em pancadaria

A Associação Chinesa de Basquete (ACB) pediu desculpas nesta quarta-feira pela grande confusão, que terminou em pancadaria generalizada e suspendeu um amistoso da seleção do país contra o Brasil, que está sendo representado pelo time de Joinville.

Os jogadores chineses se irritaram após uma suposta falta não marcada e foram incitados pelo técnico do time, o norte-americano Bob Donewald, que protestava duramente contra a arbitragem. O jogo começou a se acirrar, até que se iniciou a pancadaria.

Mesmo depois de a poeira baixar, os brasileiros se recusaram a voltar à quadra. O time brasileiro, comandado pelo técnico Alberto Bial, também se negou a jogar uma quarta partida já agendada para a série de amistosos. Nesta quarta-feira, os dois times foram para Pequim no mesmo voo.



A entidade disse que o time chinês vai fazer uma ?profunda reflexão? durante a fase final de preparação para os Jogos Asiáticos. ?A associação pede desculpas aos brasileiros e para todas as partes envolvidas com o incidente que teve sérias consequências?, disse Li Jinsheng, vice-presidente da ACB.

O cartola disse que todo o time foi obrigado a assistir aulas sobre desportividade e que cada jogador será avaliado e penalizado individualmente assim que as investigações sobre os culpados da confusão forem concluídas.

Fonte: UOL