Chorando, Paulinho se despede do Timão e avisa: "Daqui a pouco volto"

Volante se despede rumo ao Tottenham, da Inglaterra.

Após pouco mais de três anos, chegou ao fim o ciclo de Paulinho no Corinthians. Recém-campeão da Copa das Confederações com o Brasil, o volante desembarcou em São Paulo e foi ao CT Joaquim Grava anunciar sua transferência para o Tottenham, da Inglaterra. O clube inglês pagará o valor referente à rescisão de contrato ? ? 20 milhões, aproximadamente R$ 59 milhões.

- É difícil falar num momento como esse (longa pausa). Mas tenho certeza de que foram três anos maravilhosos na minha carreira, de conquistas, de trabalhar com pessoas corretas, coerentes, que sempre me ajudaram. O que tenho para falar do Corinthians é até logo. Daqui a pouco eu volto. Por tudo que vocês fizeram por mim - declarou o jogador, chorando muito.

Apesar da expectativa corintiana de ver o volante em campo nas finais da Recopa Sul-Americana, contra o rival São Paulo, Paulinho descartou a possibilidade de fazer uma despedida com a camisa alvinegra.

- Não vou jogar a Recopa, não vou atuar pelo Corinthians porque há exigências contratuais do Tottenham. Não tem o que ser discutido. Foi uma decisão que todos nós respeitamos. Claro que eu tinha uma vontade enorme e gigante de ganhar mais um título, mas tem de respeitar - completou.

Com a eliminação nas oitavas de final da Taça Libertadores para o Boca Juniors, a saída de Paulinho era dada como certa pela direção corintiana. O jogador vinha sendo bastante assediado desde o ano passado, quando brilhou na ótima temporada alvinegra. O Inter de Milão, da Itália, era visto como um dos grandes favoritos a contratá-lo, desde 2012, mas o Tottenham, dirigido pelo técnico português André Villas-Boas, agiu rápido e fechou com o volante durante a disputa da Copa das Confederações.

- A única proposta que colocamos foi da Inter de Milão, mas agora não veio nenhuma, só a do Tottenham. A proposta veio, sentei, analisei e resolvi. Tenho certeza de que tomei uma grande decisão, vou pra um grande clube também. Chega um certo momento em que você precisa de novos desafios - analisou o volante, eleito o terceiro melhor jogador da Copa das Confederações.

Do dinheiro desembolsado pelos ingleses, o Corinthians ficará com metade (cerca de R$ 26,5 milhões), já que possuí 50% dos direitos econômicos. O restante será do Audax-SP, clube formador do jogador.

- Quero aproveitar para dar nossos imensos agradecimentos ao Paulinho, por tudo que ele fez pelo Corinthians. Jamais será esquecido por todos nós. A grande pessoa que ele é, muito merecido o título pela Seleção. O Corinthians se orgulha muito de ter no seu elenco um jogador como ele, nada mais justo do que ele seguir a vida num clube inglês, conhecer uma cultura nova - disse Roberto de Andrade, diretor de futebol do clube.

Contratado do Bragantino após o Paulistão de 2010, Paulinho virou uma das estrelas do Timão ao fazer gols em jogos decisivos e ser fundamental no esquema do técnico Tite. Ele conquistou o Brasileirão de 2011, a Libertadores e o Mundial de 2012 e o Paulistão de 2013. Em 167 partidas com a camisa alvinegra, fez 34 gols.

Com a iminente saída, a diretoria corintiana se antecipou e contratou Ibson, do Flamengo, além de Jocinei, revelação do Rio Claro. O elenco ainda conta com Guilherme e Edenílson para a mesma posição.


Chorando, Paulinho se despede do Timão e avisa:

Fonte: Globo Esporte