Cielo conquista o tricampeonato mundial inédito com os 50m livre

Cielo conquista o tricampeonato mundial inédito com os 50m livre

Com prova perfeita, brasileiro sobra na turma e mantém a coroa

Florent Manaudou mandou o recado um dia antes. Deixou claro que estava disposto a unificar os títulos, colocando o ouro do Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona ao lado do conquistado nos Jogos de Londres. Com 21s37, entrou na final dos 50m livre com o melhor tempo. Bicampeão e homem a ser batido, Cesar Cielo foi o terceiro mais rápido (21s60). Sabia que se quisesse manter a coroa teria que fazer uma prova sem erros. Foi o que fez. Neste sábado, mostrou que os joelhos estão em dia e, com uma saída perfeita, bateu na frente e conquistou o inédito tricampeonato da prova. E com a melhor marca da era pós-trajes: 21s32.

Manaudou não conseguiu sequer um degrau no pódio. Amargou o quinto lugar (21s64). A prata ficou com o russo Vladimir Morozov (21s47) e o bronze com George Bovell, de Trinidad e Tobago (21s51). O ouro foi parar no peito de Cielo pelas mãos de Alexander Popov, um dos grandes de todos os tempos na história das provas de velocidade. O choro durante a execução do Hino Nacional arrancou aplausos das arquibancadas.

- Sem palavras. Para ser sincero, não achava que tinha ganho. Não sabia o tempo que tinha feito. Eu olhei para o placar e torci para que eles não tivessem voado. Às vezes ficar preocupado com adversário pode afetar a performance. Hohe foquei na minha raia e bati na parede. Entortei o dedo na chegada, mas valeu a pena. Se precisasse ter quebrado o dedo, teria quebrado (risos). Agora tenho que treinar três vezes mais porque sei que eles vão querer vir para me matar no ano que vem. Se Deus quiser vamos ganhar essa prova nos Jogos de 2016 também - disse Cielo, que conquistou o ouro nos 50m borboleta na última segunda-feira, ao SporTV.

A medalha deste sábado foi a sexta de Cielo em Campeonatos Mundiais. Todas de ouro. Além das duas este ano em Barcelona, o brasileiro tem no currículo os títulos dos 50m livre e borboleta no Mundial de Xangai 2011; e dos 50m e 100m livre em Roma 2009.

Confira a classificação:

1º Cesar Cielo - 21s32

2º Vladimir Morozov - 21s47

3º George Bovell - 21s51

4º Nathan Adrian- 21s60

5º Florent Manaudou - 21s64

6º Anthony Ervin - 21s65

7º Roland Schoeman- 21s85

8º Frederick Bousquet - 21s93

Fonte: sportv.globo.com