Cigano pede desculpa a torcida por derrota e quer revanche em 2013

Cigano pede desculpa a torcida por derrota e quer revanche em 2013

Cigano deixa hospital, lamenta falta de estratégia e cobra uma nova luta contra Velasquez.

O desempenho de Junior Cigano na derrota para Cain Velásquez nesta madrugada, no UFC 155, impressionou negativamente. Irreconhecível dentro do octógono, o brasileiro foi atropelado pelo americano e perdeu a luta e o cinturão dos pesos pesados do UFC, em Las Vegas.

Após o combate, Cigano, com o rosto bastante machucado em decorrência dos socos que levou de seu rival, pediu desculpas ao povo brasileiro. E, assim como Cain havia feito na véspera da luta, na pesagem, disse que irá recuperar o cinturão.

"O que eu tenho a dizer é desculpas ao povo brasileiro. Hoje ele foi melhor do que eu. Não consegui ser efetivo, meus golpes não entraram direito", afirmou o peso pesado, em entrevista ao Sportv. "Agradeço a todos, esta noite não consegui honrar sua torcida por mim. Mas eu juro que tentei", postou o lutador em sua página no Twitter.

Junior Cigano sequer participou da entrevista coletiva realizada tradicionalmente após todas as edições do UFC. Bastante machucado, ele seguiu para um hospital de Las Vegas para fazer uma avaliação sobre as lesões que sofreu na derrota.

A tendência agora é que o brasileiro volte ao octógono em 2013 e, possivelmente em caso de vitória, consiga uma eventual revanche com Velásquez para tentar retomar o título de campeão da categoria. Já o americano aguarda o combate entre o holandês Alistair Overeem e o brasileiro Antonio Pezão. Se o europeu conseguir vencer, será o próximo desafiante.

Fonte: UOL