Clarence Seedorf é o "escolhido" de Berlusconi para comandar o Milan

Holandês do Botafogo se juntaria ao ex-zagueiro Paolo Maldini no processo de reestruturação do clube italiano



No que depender da imprensa italiana, o Botafogo perderá o seu grande craque para o banco de reservas. Mais especificamente o do Milan, com Clarence Seedorf como técnico do clube rossonero no processo de reestruturação. As edições dos jornais "Corriere dello Sport" e "Gazzetta dello Sport" desta quarta-feira afirmam que o meia holandês, que defendeu o time italiano por dez temporadas, é o preferido do dono Silvio Berlusconi para assumir o comando da equipe a partir de junho.

Seedorf, ainda com 37 anos - considerado novo para a função -, não estaria sozinho. O ex-zagueiro Paolo Maldini (44), um dos grandes ídolos do Milan, seria contratado para trabalhar juntamente com o holandês, mais à frente de contratações e renovações de contrato. Ele tem grande identificação com o clube depois de atuar por 20 anos com a camisa rubro-negra e permanecer ligado ao clube depois de encerrar a carreira em 2009.

Na manhã desta quarta-feira, o vice-presidente Adriano Galliani se reuniu com o atual treinador, Massimiliano Allegri. Apesar da classificação para fase preliminar da próxima Liga dos Campeões, com grande campanha no segundo turno, a tendência é que o técnico deixe mesmo o Milan. Rumores indicam, inclusive, que o Roma já estaria em negociações avançadas.

- Eu não tenho nada a dizer. Apenas aproveitei um longo bate-papo e um café com Galliani - disse Allegri ao sair do encontro na sede do clube.

Com contrato até junho de 2014, o treinador precisa antes de acertar com o Roma definir o valor de sua rescisão contratual com o Milan. De acordo com a imprensa, ele recebe cerca de ? 2,8 milhões anuais (R$ 7,3 milhões).

Eleito o craque do Campeonato Carioca na última segunda-feira, o campeão Seedorf é outro que possui mais um ano de vínculo - com o Botafogo. Na última terça-feira, a própria "Gazzetta" ressaltou que a multa contratual seria mais um empecilho a ser superado pelo Milan.

Fonte: Globo Esporte