Clubes da Série A devem pelo menos R$ 253 milhões a banco

Seis clubes da primeira divisão do futebol brasileiro exibem o logo do BMG

Patrocinador de seis dos 20 clubes da primeira divisão do futebol brasileiro, o banco BMG tem que receber no mínimo R$ 253 milhões relativos a empréstimos de times da Série A. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, seis clubes divulgaram empréstimos junto ao banco nos balanços patrimoniais relativos a 2011. São Paulo, com R$ 65,5 milhões, e Palmeiras, com R$ 45,5 milhões, lideram a lista que ainda conta com Flamengo (R$ 40,7 mi), Vasco (R$ 38,9 mi), Corinthians (R$ 24,8 mi), Fluminense (R$ 22 mi) e Santos (15,3 mi). Destes, somente Palmeiras, Santos e Flamengo estampam as três letras do banco em suas camisas.

No entanto, acredita-se que outros clubes também devem à instituição. Atlético-MG, Cruzeiro, Botafogo, Coritiba, Bahia, Atlético-GO e Náutico divulgaram em seus balanços que fizeram empréstimos junto a "instituições financeiras", sem detalhar quais eram. Para abater as dívidas, muitos clubes têm usado jogadores como moeda.

O Soccer BR1, fundo de investimentos do BMG, possui o direito de alguns atletas, entre eles Paulinho, Oscar, Dedé, Rever, Ralf e Montillo. Como a lei impede que pessoas físicas ou jurídicas sejam donas dos direitos de jogadores, o fundo comprou, em 2009, o Coimbra Esporte Clube, de Nova Lima (MG), hoje na terceira divisão do Campeonato Mineiro.


Clubes da Série A devem pelo menos R$ 253 milhões a banco

Fonte: Terra, www.terra.com.br