Com 3 atacantes, Mano confirma nova postura da Seleção

Com 3 atacantes, Mano confirma nova postura da Seleção

O treinador voltou a escalar três atacantes, com Philippe Coutinho e Robinho pelas pontas, e Alexandre Pato dentro da área.

A Seleção Brasileira, aos poucos, vai ficando com a cara de Mano Menezes. O técnico fez nesta terça-feira o segundo teste desde que assumiu a equipe e venceu o jogo-treino diante do Barcelona B por 3 a 0 na cidade espanhola.

O treinador voltou a escalar três atacantes, com Philippe Coutinho e Robinho pelas pontas, e Alexandre Pato dentro da área. No amistoso contra os Estados Unidos, em agosto, a formação foi a mesma, mas com Neymar na vaga de Coutinho.

"Quero seguir mais tempo nessa linha, com dois homens de lado e um mais centralizado. É assim que devemos continuar caminhando. Mais importante do que a atuação individual foi a confirmação de um jeito de jogar como ideia principal", afirmou Mano após a vitória.

O técnico começou a semana de treinos em Barcelona com Hernanes no meio-campo. Mas em duas atividades, sacou o ex-são-paulino para a entrada de Coutinho. A revelação da Inter de Milão fez bem a função e não saiu do time.

"O principal da colocação do Philippe Coutinho é a manutenção de uma ideia tática. Poderíamos colocar o Hernanes, que é mais experiente, mas isso significaria uma alteração", completou Mano durante a rápida entrevista aos jornalistas brasileiros, ainda no CT do clube catalão.

A outra diferença em relação à estreia de Mano na Seleção foi o camisa 10. Carlos Eduardo foi o encarregado de substituir Paulo Henrique Ganso, que lesionou o joelho e ficará cerca de seis meses longe dos gramados.

Fonte: Terra