Com Borges como concorrente, Alan Kardec evita falar de titular

Com Borges como concorrente, Alan Kardec evita falar de titular

Vindo de duas derrotas consecutivas, o Santos era muito pressionado pelo Bahia, em busca da virada, até que o centroavante decidiu o jogo

Alan Kardec tem uma difícil missão no Santos: brigar pela vaga de centroavante na equipe de Muricy Ramalho contra ninguém menos que Borges, artilheiro do Campeonato Brasileiro, com dez gols, ao lado de Ronaldinho Gaúcho, do Flamengo.

Depois de balançar a rede pela primeira vez com a camisa do Peixe na vitória por 2 a 1 sobre o Bahia, domingo, no Pituaçu, o jogador evitou falar em uma disputa particular com seu principal concorrente no elenco, mas comemorou a contribuição dada para a equipe voltar do Nordeste com o triunfo.

- Acho que o principal de tudo é o trabalho. As coisas (chances no time) acontecem naturalmente com o tempo ? desconversou o grandalhão.

O gol de Alan Kardec aconteceu em um momento crucial do jogo. Vindo de duas derrotas consecutivas, o Santos era muito pressionado pelo Bahia, em busca da virada, até que o centroavante decidiu o jogo.

- É sempre bom fazer os gols para ajudar a equipe. Tive um pouco de oportunismo e estou muito feliz pela vitória que conquistamos.

Com o resultado na Bahia, o Peixe conseguiu escapar da zona de rebaixamento e agora ocupa a 15ª posição, com18 pontos. Na próxima quarta-feira, a equipe recebe o Fluminense, na Vila Belmiro, pela oitava rodada do Brasileirão.

Fonte: GloboEsporte