Com calor, árbitro paralisa Goiás x Bota para beber água e descansar

Aos gestos de "quero água", o árbitro afirmou que estava difícil e pediu para descansar

O relógio marcava 25 minutos do segundo tempo quando Sandro Meira Ricci resolveu interromper o duelo entre Goiás e Botafogo, válido pela 32ª rodada do Brasileirão, por causa do forte calor em Goiânia. Aos gestos de "quero água", o árbitro afirmou que estava difícil e pediu para descansar, segundo a leitura labial feita pelo especialista Luis Felipe Ramos Barroso.

- Tá difícil! Poxa vida! Está difícil, né!



O árbitro paralisou a partida por dois minutos e ouviu muitas reclamações por parte do técnico Enderson Moreira e dos jogadores do Goiás. O motivo? Os esmeraldinos pressionavam o Alvinegro, e a parada quebraria o bom momento da equipe. Mas, olhando bem a expressão do juiz, é possível perceber que ele sofria com o calor de cerca de 31 graus.

- P....! Quero tomar água também! Não posso descansar, não? Poxa vida! - indagou Sandro.

No fim das contas, a pausa não fez falta ao time goiano, que, com um gol de Eduardo Sasha aos 42 minutos do segundo tempo, venceu por 1 a 0 e entrou de vez na disputa por uma vaga no G-4.

Fonte: GloboEsporte