Com contrato até maio no Milan, Leonardo surge como nome para ser gestor do Fla

Com contrato até maio no Milan, Leonardo surge como nome para ser gestor do Fla

A presidente Patrícia Amorim defende a contratação de um gestor desde sua campanha eleitoral.

Leonardo, ex-jogador e atualmente técnico do Milan, é o nome preferido da diretoria do Flamengo para profissionalizar o futebol do clube. A informação foi divulgada pelo repórter Vitorino Chermont no programa Arena SporTV. Leonardo foi jogador rubro-negro de 87 a 90 e tem contrato com o clube italiano até o fim de maio. No programa "Redação SporTV" desta quinta, o comentarista Renato Maurício Prado disse que todo o departamento de futebol do Flamengo será reformulado.

A presidente Patrícia Amorim defende a contratação de um gestor desde sua campanha eleitoral. Quando assumiu o clube, porém, optou por não alterar o organograma que conquistou o título brasileiro. Agora, com a perda do título carioca e a campanha decepcionante na primeira fase da Libertadores, surge a pressão por mudanças.

Antes de ser técnico do Milan, Leonardo também passou por cargo administrativo no clube italiano. Em entrevistas, o ex-jogador sempre revelou o desejo de um dia trabalhar no Flamengo. Chegou inclusive a falar em ser presidente, caso houvesse mudança no atual modelo de gestão do clube.

Como Leonardo não pode ser contratado imediatamente, o ex-presidente Hélio Ferraz assumiria interinamente o comando do futebol.

Marcos Braz, no entanto, ainda não teve contato com Patrícia Amorim nesta quinta. Todos aguardam uma reunião ainda hoje para tratar do tema. Caso continue no cargo, ele tentará contratar Celso Roth para o lugar de Andrade. Na Gávea, comenta-se que o treinador que comandou o Atlético-MG no Brasileiro do ano passado já teria viajado ao Rio para conversar sobre o assunto.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com