Diretoria do Timão quer Adriano 100% para renovação de contrato

Diretoria do Timão quer Adriano 100% para renovação de contrato

Presidente em exercício no lugar de Andrés Sanches, Roberto de Andrade espera que os próximos seis meses sejam mais proveitosos para Adriano

O contrato de Adriano com o Corinthians termina em junho. Até lá, o Imperador terá de trabalhar muito para convencer a diretoria do Timão de que é um bom negócio renovar o vínculo. Embora o atacante tenha feito um gol importante para a conquista do Brasileirão (o da vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG, de virada, no fim do jogo), ainda paira sobre ele a nuvem da desconfiança.

Presidente em exercício no lugar de Andrés Sanches, Roberto de Andrade espera que os próximos seis meses sejam mais proveitosos para Adriano. Só assim a diretoria poderá avaliar se haverá ou não condições de renovação com o Imperador.

- Não dá para avaliar o Adriano agora. Ele chegou em março, já com uma lesão no ombro, e logo em seguida machucou-se seriamente (ruptura do tendão do pé esquerdo). Depois disso, demorou a recuperar condição física e participou de 15 minutos aqui, 15 ali. A partir de agora é que vamos ver o Adriano ? declarou.

A expectativa da comissão médica e também da comissão técnica do Corinthians é de que Adriano tenha, enfim, condições de atuar por 90 minutos já no Campeonato Paulista. Essa era a programação. No entanto, mais do que isso, a diretoria quer um Imperador que possa fazer a diferença em 2012.

- Esperamos encontrar nesta quarta-feira um Adriano animado e motivado para a temporada. Agora é que vamos poder sentir bem como ele será em campo, já que deverá ter condições físicas melhores. Torcemos para que ele mostre sua capacidade ? acrescentou o presidente alvinegro.

Assim como Adriano, o restante do elenco do Corinthians se reapresenta nesta quarta-feira, no CT Joaquim Grava. Para 2012, o Timão anunciou seis reforços até agora. São eles os atacantes Gilsinho, Elton e Chen ZhiZhao, o meia Vitor Júnior, o goleiro Cássio e o zagueiro Felipe.

Fonte: GloboEsporte