Com dois de Lodeiro, Botafogo vence Cruzeiro e segue invicto

Com dois de Lodeiro, Botafogo vence Cruzeiro e segue invicto

O Botafogo não jogou bem neste sábado, mas pelo menos conseguiu se manter invicto

O Botafogo não jogou bem neste sábado, mas pelo menos conseguiu se manter invicto no Campeonato Brasileiro, com duas vitórias e uma derrota. O atual campeão carioca contou com dois gols do uruguaio Lodeiro e aguentou a pressão para vencer o Cruzeiro por 2 a 1, em Volta Redonda. Foi a primeira derrota do time mineiro na competição nacional.

O Botafogo até começou bem na partida, já que controlava com mais calma a posse de bola e tinha Vitinho inspirado na criação de jogadas. Foi com ele que começou o lance do primeiro gol, já aos 5min, com um drible na área. Ele conseguiu finalizar, Fábio defendeu, mas o rebote ficou com Lodeiro, que só chutou para o gol aberto. Vitinho ainda teve um chute de longe defendido bem por Fábio, mas aos poucos o Cruzeiro "entrou" na partida.

O time mineiro já poderia ter empatado aos 21min, quando Renan fez duas incríveis defesas frente a frente com Anselmo Ramon. Mas o centroavante cruzeirense conseguiu se redimir apenas dois minutos depois, contando com a sorte: ele chutou da esquerda, a bola desviou no caminho, bateu na trave, nas costas de Renan e finalmente entrou no gol.

O resto do primeiro tempo e até o começo do segundo teve o Cruzeiro mais tranquilo e dominante, enquanto o Botafogo abusava da pressa e dos chutões, fazendo com que até Seedorf ficasse apagado em campo. A primeira grande chance celeste na etapa final veio já aos 5min, quando Diego Souza invadiu a área pela direita, mas fez a finalização foi para fora.

Então acontece um lance polêmico: Nilton tentou afastar a bola na área e acertou a mão de Lucas, por isso juiz marcou pênalti. Lodeiro foi para cobrança, chutou no meio, e Fábio até chegou perto com o pé, mas não conseguiu defender.

O gol realmente abalou o Cruzeiro, que passou a dar espaço para o Botafogo. Aos 15min, Rafael Marques chutou forte, mas Fábio espalmou. Cinco minutos depois, Vitinho acertou bom chute cruzado, mas outra vez o goleiro evitou o gol. E, aos 30min, aconteceu um lance mais incrível: Júlio César finalizou na área, a bola ia para o gol, mas Egídio fez o desvio e ela ainda bateu na trave sem entrar no gol.

O Cruzeiro também acertou a trave: aos 33min, Dedé apareceu no ataque de surpresa, cruzou para Luan, que carimbou o poste, para alívio do goleiro Renan. Mas o Botafogo estava ligado nos contra-ataques e finalmente Seedorf apareceu, aos 39min, quando aproveitou escorada de Rafael Marques e chutou bem de esquerda, mas por cima do gol. Nos últimos minutos, porém, o jogo esfriou e ninguém mais chegou perto do gol. O juiz até deixou o jogo correr até os 50min, mas faltou criatividade de ambos lados.

Fonte: Terra, www.terra.com.br