Com dois gols de Romarinho, Timão vence o Palmeiras

Com dois gols de Romarinho, Timão vence o Palmeiras

Do lado corintiano, o técnico Tite optou por mandar a campo um time cheio de reservas

O Corinthians precisou da inspiração de um atacante reserva para conquistar sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, diante das arquibancadas esvaziadas do Estádio do Pacaembu, o time do técnico Tite virou para cima do Palmeiras e venceu por 2 a 1. O clássico foi válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, justamente no momento em que os dois times se concentram em suas finais paralelas ao torneio.

Do lado corintiano, o técnico Tite optou por mandar a campo um time cheio de reservas, poupando os titulares para a decisão da Copa Libertadores da América contra o Boca Juniors. Entre os palmeirenses, Luiz Felipe Scolari manteve boa parte de seu time-base titular, inclusive escalando o zagueiro Henrique como volante, a exemplo do que fez diante do Grêmio na Copa do Brasil - deu certo no começo do jogo, mas o esquema ruiu diante da boa atuação de Romarinho.

Com o resultado, o Corinthians deixa a lanterna do Brasileiro e chega a quatro pontos - dois a mais que o Palmeiras, que ainda não venceu no torneio. Os dois times, porém, seguem na zona de rebaixamento da competição, uma vez que o Bahia (16º colocado no início da rodada) entrou em campo com cinco pontos. De quebra, os palmeirenses ainda torcem contra o Atlético-GO, que enfrenta o Fluminense ainda neste domingo podendo fugir do 20º lugar.

Com a base titular em campo, o Palmeiras se aproveitou do pouco entrosamento da zaga corintiana e abriu o placar logo aos 3min: após sobra de bola no ataque alviverde, João Vitor "chutou um passe" cruzado da direita e acionou Mazinho, que apenas escorou para as redes desprotegidas do goleiro Júlio César. No entanto, a desvantagem prematura acordou o Corinthians, que passou a pressionar logo em seguida para buscar o empate.

Logo aos 13min, Liedson quase fez 1 a 1 em bonita bicicleta que acertou a trave de Bruno. Com um meio de campo desencontrado, o Palmeiras permitia o crescimento corintiano, e o empate começou a amadurecer. Aos 23min, Welder chutou forte da intermediária e exigiu boa defesa do goleiro Bruno. Assim, aos 33min, Romarinho fez boa tabela com Liedson pela direita e completou de letra para o gol, empatando o confronto diante da pouca torcida presente.

Aos 39min, o autor do gol corintiano cruzou pela esquerda para Willian, que apareceu sozinho e concluiu sem precisão. Pressionado, o Palmeiras mudou no intervalo do jogo, sacando Leandro Amaro e Daniel Carvalho para as entradas de Maikon Leite e Valdivia. E nos primeiros minutos, as trocas deram resultado: mesmo com o toque de bola corintiano predominante, Juninho alçou a bola e Barcos não alcançou.

Mesmo assim, a defesa do Palmeiras também mostrava pouca inspiração diante da vontade de Romarinho: aos 10min, o atacante recebeu de Willian pela esquerda, deu uma ginga de corpo nos marcadores e mandou um forte chute cruzado, vencendo Bruno mais uma vez. Apático, o Palmeiras só voltou a ter boa chance aos 23min, em arremate de Barcos pela esquerda que acertou a rede pelo lado de fora do gol de Júlio César.

O Corinthians teve a chance de matar o jogo aos 33min, em arrancada de Liedson desde a defesa pela direita; no entanto, o atacante permitiu a aproximação da marcação e bateu da entrada da área, parando na defesa de Bruno. Na resposta, aos 38min, Henrique apareceu em condição duvidosa na área e driblou o goleiro, mas a arbitragem assinalou impedimento e irritou os palmeirenses presentes ao estádio.

Aos 43min, em mais um lance duvidoso, o mesmo Henrique recebeu lançamento na esquerda e teve impedimento assinalado. No fim, mesmo com a pressão, a defesa do Corinthians se segurou. Passado o clássico, o Corinthians mantém sua concentração na Libertadores, já que enfrenta o Boca Juniors em Buenos Aires nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília). O Palmeiras, antes de iniciar a decidir a Copa do Brasil com o Coritiba, mede forças com o Figueirense no próximo domingo, ainda pelo Campeonato Brasileiro.

Ficha técnica

CORINTHIANS 2 X 1 PALMEIRAS

Gols

CORINTHIANS: Romarinho, aos 33min do primeiro tempo; Romarinho, aos 10min do segundo tempo

PALMEIRAS: Mazinho, aos 3min do primeiro tempo

CORINTHIANS: Júlio César; Welder, Wallace, Paulo André e Ramon (Felipe); Marquinhos, Willian Arão, Douglas e Willian (Gilsinho); Liedson e Romarinho (Adilson)

Treinador: Tite

PALMEIRAS: Bruno; Cicinho, Leandro Amaro (Maikon Leite), Maurício Ramos e Juninho (Fernandinho); Márcio Araújo e Henrique; João Vítor, Daniel Carvalho (Valdivia) e Mazinho; Barcos

Treinador: Luiz Felipe Scolari

Cartões amarelos

CORINTHIANS: Douglas e Liedson

PALMEIRAS: João Vitor, Cicinho, Valdivia e Márcio Araújo

Árbitro

Luiz Flavio de Oliveira (SP)

Local

Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Fonte: Terra