Juninho Pernambucano continua com dores e deixa treino irritado

Antes disso, o técnico Cristóvão Borges comandou um treinamento coletivo em campo reduzido com o provável time que irá entrar em campo.


Com dores, Juninho deixa o campo irritado, e retorno deve ser adiado

Aos poucos, Cristóvão Borges vai dando cara ao time que vai entrar em campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), contra o Bahia, em Pituaçu. A expectativa pelo retorno de Juninho Pernambucano era grande. O Reizinho calçou chuteiras e passou a primeira parte do treino atrás do gol sem sentir qualquer problema. Na segunda parte do coletivo, o Reizinho entrou no time reserva. Mas sua participação durou apenas poucos minutos. O camisa 8 sentiu dores e deixou o campo visivelmente irritado e decepcionado direto para o vestiário. Ele balançou a cabeça negativamente para o doutor Albino Pinto, que acompanhava o treino.

Antes disso, o técnico Cristóvão Borges comandou um treinamento coletivo em campo reduzido com o provável time que irá entrar em campo. Sem Renato Silva, suspenso, e Victor Ramos, lesionado, Douglas entrou na zaga. Na lateral esquerda nem Jumar, nem Julinho. Felipe entrou novamente no setor. Nilton e Jumar formaram a dupla de volantes com Allan armando o jogo ao lado de Diego Souza. Elton foi mantido ao lado de Eder Luis no ataque e Alecsandro segue como opção no banco.

Outro que pode aparecer entre os reservas é Romulo. No início da semana, o departamento médico do Vasco praticamente vetou o volante, que deixou o jogo contra o Atlético-PR com dores musculares na coxa direita. Nesta quinta, ele treinou com bola atrás do gol, junto de Juninho e Eduardo. Na segunda parte, Eduardo Costa entrou no lugar de Douglas. Com isso, Nilton foi deslocado para a zaga.

O Vasco deve entrar em campo com: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Douglas (Eduardo Costa) e Felipe; Nilton, Jumar, Allan e Diego Souza; Eder Luis e Elton. Com 54 pontos o clube é o vice-líder do Campeonato Brasileiro atrás apenas do Corinthians, que tem a mesma pontuação, mas está na frente por ter uma vitória a mais.

Fonte: Globo Esporte