Com gol no fim, Inter tira o Timão da liderança

Embalado pela torcida, o Inter começou com mais posse de bola no Beira-Rio

Com um gol de falta aos 48min do segundo tempo, o meia Andrezinho definiu a vitória do Internacional sobre o Corinthians, por 3 a 2, neste domingo, no Beira-Rio. A partida teve duas reviravoltas no fim, com um gol de pênalti do corintiano Bruno César aos 45min, mas acabou com o triunfo dos donos da casa. Tinga e Alecsandro marcaram os outros gols colorados, enquanto Jorge Henrique também balançou as redes para os paulistas.

O resultado quebrou uma sequência de três vitórias seguidas do clube do Parque São Jorge e tirou a equipe da liderança do Campeonato Brasileiro. O Corinthians parou nos 47 pontos e foi superado pelo Fluminense, que venceu o Vitória e chegou a 48, com um jogo a mais. Já a equipe gaúcha chegou a 41 pontos, também com uma partida a menos que o líder.

Embalado pela torcida, o Inter começou com mais posse de bola no Beira-Rio, trocando passes com qualidade no meio de campo. Com Giuliano, Tinga e D"Alessandro se aproximando de Leandro Damião na frente, a equipe da casa envolvia, mas tinha dificuldades para criar chances claras.

Do outro lado, o Corinthians entrou em campo com um posicionamento diferente do das últimas partidas: após reclamar de ter sido escalado aberto pela direita do setor ofensivo, Bruno César voltou à sua posição original, atrás dos atacantes Jorge Henrique e Iarley. Com os dois times marcando forte, porém, as oportunidades de gol eram raras.

Logo na primeira chegada de perigo, aos 29min, o time colorado abriu o placar. D"Alessandro saiu da esquerda e avançou pelo meio antes de descolar excelente passe para Tinga; a linha de impedimento corintiana falhou e o camisa 7 tocou com categoria na saída de Júlio César. No lance, porém, Tinga sentiu lesão muscular e teve que ser substituído por Edu.

A equipe paulista "acordou" depois de levar o gol e ameaçou duas vezes antes do intervalo. Aos 39min, Jorge Henrique dominou na entrada da área e chutou forte de esquerda, mas Renan espalmou bem. Depois, aos 42min, Bruno César bateu falta e acertou o travessão; o goleiro do Inter já estava batido na jogada.

Os times voltaram sem alterações para a segunda etapa, mas o Corinthians se lançou à frente em busca do empate. Aos 5min, pressão alvinegra na área dos donos da casa: após chute de Jucilei, Renan fez ótima defesa e Iarley quase pegou o rebote.

A resposta colorada veio três minutos depois, quando D"Alessandro finalizou com força e Júlio César fez excelente intervenção. Na sobra, quase Edu conseguiu completar. Buscando mais o gol, o time paulista foi recompensado aos 19min: Jucilei encontrou Jorge Henrique na área com um grande passe e o camisa 23 dominou bem antes de chutar no ângulo de Renan, empatando a partida com um golaço.

A partida ficou aberta e o Inter quase voltou a ficar à frente aos 26min, após bela troca de passes. Giuliano encontrou Kleber na entrada da área e o lateral deu um toque de primeira por cima da defesa para D"Alessandro, que emendou com estilo para fora. No lance seguinte, chegada corintiana: Edu foi à linha de fundo pela esquerda e tocou para trás, mas Bruno César chutou no travessão e perdeu gol incrível.

Celso Roth colocou Alecsandro em campo aos 29min no lugar de Leandro Damião, e o jogador correspondeu apenas três minutos depois, em sua volta aos gramados após um mês e meio afastado por lesão muscular. D"Alessandro cruzou da direita, a bola atravessou a área e encontrou o centroavante livre na segunda trave para desviar de cabeça e fazer 2 a 1.

No minuto seguinte, o Inter quase ampliou. Primeiro, Alecsandro recebeu bola frente a frente com Júlio César e parou em grande defesa do goleiro corintiano; na sequência, Edu deu um belo voleio, mas mandou para fora.

O final da partida foi frenético. Aos 43min, Nei impediu um gol de Paulo André fazendo uma "defesa" com a mão em cima da linha; o árbitro marcou pênalti e expulsou o lateral colorado. Bruno César foi para a cobrança e deslocou Renan para deixar tudo igual.

Quando tudo apontava para o empate, Paulo André fez falta em Alecsandro na entrada da área, recebeu o segundo amarelo e também foi expulso. Andrezinho bateu a infração, a bola desviou em Moacir, tocou na trave e entrou, definindo o placar a favor dos gaúchos.



FICHA TÉCNICA

Internacional 3 x 2 Corinthians

Gols

Internacional: Tinga, aos 29min do 1º tempo; Alecsandro, aos 32min, e Andrezinho, aos 48min do 2º tempo

Corinthians> Jorge Henrique, aos 19min, e Bruno César, aos 45min do 2º tempo

Ponto Forte do Internacional

Tocou muito bem a bola no meio de campo, comandado pela ótima atuação de D"Alessandro

Ponto Forte do Corinthians

Buscou mais o ataque durante a segunda etapa e quase saiu com o empate

Ponto Fraco do Internacional

Defesa desatenta em alguns momentos, como no gol de Jorge Henrique

Ponto Fraco do Corinthians

Demorou para entrar na partida e aceitou a forte marcação do Inter no primeiro tempo

Personagem do jogo

Andrezinho, que decidiu o confronto em sua especialidade, a bola parada

Esquema Tático do Internacional

4-2-3-1

Renan; Nei, Sorondo, Índio e Kleber; Glaydson e Guiñazu; Giuliano (Andrezinho), Tinga (Edu) e D"Alessandro; Leandro Damião (Alecsandro). Técnico: Celso Roth

Esquema Tático do Corinthians

4-4-2

Júlio César; Alessandro, Paulo André, William e Roberto Carlos (Edu); Paulinho (Moacir), Jucilei, Elias e Bruno César; Jorge Henrique e Iarley (Danilo). Técnico: Adilson Batista

Cartões amarelos

Internacional: Índio, D"Alessandro, Renan, Glaydson e Sorondo

Corinthians: Paulo André, Paulinho, Alessandro, Edu e Moacir

Cartões vermelhos

Internacional: Nei

Corinthians: Paulo André

Árbitro

Sandro Meira Ricci (DF)

Local

Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Público

38.149

Renda

R$ 603.085,00

Fonte: Terra, www.terra.com.br