Com golaço de Abreu, Botafogo derruba Santos e é 3º

Com golaço de Abreu, Botafogo derruba Santos e é 3º

Com o resultado, o Botafogo chegou a 34 pontos e pulou para a terceira colocação

Com atuação impecável do goleiro Jefferson e um golaço de Loco Abreu nos últimos minutos, o Botafogo venceu o Santos por 1 a 0 nesta quinta-feira, no Pacaembu, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante uruguaio balançou as redes aos 44min do segundo tempo e deu a vitória ao time carioca com seu primeiro gol na competição.

Com o resultado, o Botafogo chegou a 34 pontos e pulou para a terceira colocação. Já a equipe paulista ocupa o quinto lugar, com 31. O quarto colocado é o Cruzeiro, também com 34 pontos; já os líderes continuam sendo Fluminense (41 pontos) e Corinthians (38).

Apesar das declarações do técnico botafoguense Joel Santana, que disse durante a semana que iria buscar a vitória no Pacaembu, o Santos dominou a parte inicial do jogo. Mesmo mantendo a posse de bola, porém, o time da casa esbarrava na boa marcação dos cariocas, que usavam três volantes para marcar individualmente Neymar, Zezinho e Marquinhos.

Aos 3min, Neymar balançou para cima da marcação e chutou de pé esquerdo para a primeira defesa de Jefferson na partida. No minuto seguinte, o goleiro do Botafogo fez um milagre em chute à queima-roupa de Durval, que bateu forte da marca do pênalti.

Apagado na frente, Keirrison apareceu aos 13min. O camisa 9 santista saiu da área para buscar jogo e atraiu a marcação de Antônio Carlos; após troca de passes, o atacante saiu livre com a bola dominada e bateu da entrada da área para outra boa intervenção de Jefferson.

Encolhido no início, o Botafogo foi se soltando aos poucos, com Renato Cajá e Maicosuel encontrando espaço no meio. Porém, o Santos era mais perigoso. Aos 26min, Alex Sandro escapou pela esquerda e finalizou por cima da meta. No minuto seguinte, Keirrison puxou a marcação e Danilo chutou de pé esquerdo, mas a bola novamente subiu demais.

A primeira boa chegada dos cariocas só veio aos 35min. Renato Cajá recebeu boa bola na área, mas dominou mal e perdeu o ângulo para chutar; na sequência, tocou para Alessandro, mas o chute do lateral foi em cima do goleiro Rafael, que saiu bem do gol para abafar o lance.

O Botafogo melhorou no final do primeiro tempo e passou a trabalhar bem a bola no ataque. Do lado santista, Marquinhos e Neymar, principais motores do time, ficavam sumidos na marcação. Na volta do intervalo, Dorival Júnior fez duas mudanças na equipe paulista: Keirrison e Marquinhos deram lugar a Zé Eduardo e Madson.

Logo no primeiro minuto da segunda etapa, a dupla participou de um lance de perigo do Santos. Madson lançou Zezinho na área e o garoto cruzou para Zé Eduardo, que conseguiu desviar par o gol e viu Jefferson fazer nova grande defesa. Joel Santana colocou o atacante Caio no lugar do volante Fahel e a partida ficou mais aberta, mas os times erravam muitos passes e desperdiçavam seus ataques com facilidade.

O jogo ficou morno e sem chances claras de gol. Aos 18min, Maicosuel tentou finalizar de longe, mas isolou. As últimas mexidas dos técnicos aconteceram aos 26min: Loco Abreu substituiu Maicosuel no Botafogo, enquanto Breitner entrou no lugar de Zezinho no Santos.

Com sua especialidade, o jogo aéreo, Abreu assustou a torcida no Pacaembu aos 30min. Marcelo Cordeiro cruzou da esquerda e o uruguaio ganhou no alto da defesa santista, mas a cabeçada saiu à esquerda da meta de Rafael. A resposta veio aos 34min, em chute forte de Zé Eduardo que Jefferson jogou para escanteio.

A melhor chance da partida caiu nos pés de Neymar aos 37min após bola enfiada na área, mas Jefferson voltou a brilhar com uma saída precisa do gol para evitar o gol dos anfitriões. Aos 44min, o Botafogo conseguiu a vitória com Loco Abreu: após passe de cabeça de Edno na área, o camisa 13 dominou, deu um chapéu no goleiro Rafael e bateu com estilo para definir o placar.

FICHA TÉCNICA

Santos 0 x 1 Botafogo

Gol

Botafogo: Loco Abreu, aos 44min do 2º tempo

Ponto Forte do Santos

Dominou a posse de bola e controlou o ritmo nos minutos iniciais

Ponto Forte do Botafogo

Encaixou muito bem a marcação, principalmente sobre Neymar, e teve Jefferson em grande noite

Ponto Fraco do Santos

Atuações fracas dos jogadores ofensivos, que erraram muitos passes

Ponto Fraco do Botafogo

Chegou com poucos jogadores à frente até a entrada de Abreu

Personagem do jogo

Loco Abreu, que desencantou no Brasileiro e deu a vitória ao Botafogo

Esquema Tático do Santos

4-3-3

Rafael; Pará, Edu Dracena, Durval e Alex Sandro; Arouca, Danilo e Marquinhos (Madson); Zezinho (Breitner), Keirrison (Zé Eduardo) e Neymar. Técnico: Dorival Júnior

Esquema Tático do Botafogo

4-5-1

Jefferson; Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Marcelo Cordeiro; Leandro Guerreiro, Fahel (Caio), Marcelo Mattos, Renato Cajá e Maicosuel (Loco Abreu); Herrera (Edno). Técnico: Joel Santana

Cartões amarelos

Santos: Edu Dracena e Danilo

Botafogo: Herrera, Fahel, Marcelo Mattos e Loco Abreu

Árbitro

Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Local

Estádio do Pacaembu, São Paulo (SP)

Público

15.472 pagantes

Fonte: Terra, www.terra.com.br