Com início arrasador e dois de Paulinho, Corinthians goleia o Coritiba; 5 a 1

Com início arrasador e dois de Paulinho, Corinthians goleia o Coritiba; 5 a 1

O Corinthians precisou de apenas vinte minutos para abrir três gols de vantagem

O Corinthians precisou de apenas vinte minutos para abrir três gols de vantagem, neste sábado, e goleou facilmente o Coritiba por 5 a 1, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio do Pacaembu.

Chicão, Fábio Santos, Guerrero e Paulinho (duas vezes) foram os responsáveis pelos gols alvinegros. O ex-corintiano Deivid descontou para a equipe alviverde. Com o resultado, o Corinthians, que se prepara para a disputa do Mundial de Clubes, foi a 53 pontos, na sexta colocação do Brasileiro. Já o Coritiba se manteve com 45, em 11º lugar.

O time do Parque São Jorge abriu o placar logo aos 5min, em cobrança de pênalti de Chicão. No lance da infração, Guerrero sofreu falta de Dênis Neves fora da área, mas caiu dentro e o juiz assinalou a penalidade máxima.

O segundo gol alvinegro saiu dos pés de Fábio Santos, aos 18min. Fora da área, o lateral pegou sobra de cobrança de escanteio e chutou de longe. A bola desviou no meio do caminho antes de balançar as redes.

Logo em seguida, aos 20min, Paulinho recebeu pelo lado direito e tentou cruzamento, mas a bola resvalou na barriga de Escudero e acabou enganando o goleiro Vanderlei. Corinthians 3 a 0.

Na primeira etapa, Deivid ainda descontou para o Coritiba, aos 31min, ao completar cruzamento de Victor Ferraz na pequena área.

Bastante superior em relação adversário, o Corinthians acabou com qualquer chance do Coritiba reverter o marcador. Aos 19min, Danilo cruzou para Guerrero, sozinho, cabecear e anotar o quarto gol. Já aos 23min, Douglas cobrou escanteio e Paulinho subiu mais alto que a zaga e definiu o placar.

Para piorar a situação do Coritiba, o zagueiro Pereira foi expulso por receber o segundo cartão amarelo, após falta dura em Fábio Santos. O Corinthians ainda marcou o sexto gol, aos 36min, mas a arbitragem assinalou corretamente impedimento de Romarinho.

Fonte: Terra, www.terra.com.br