Com invencibilidade no Mineirão, Cruzeiro recebe "visitante chato"

O retrospecto dentro do Mineirão mostra que os tricolores costumam surpreender na casa dos celestes.

No topo do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro enfrenta o São Paulo, na noite desta quarta-feira, em Minas Gerais, às 21h50 (de Brasília). Embora esteja tranquilo na ponta do torneio, com 11 pontos de vantagem sobre o vice-líder Grêmio, o time de Marcelo Oliveira não quer vacilar contra os paulistas. O retrospecto dentro do Mineirão mostra que os tricolores costumam surpreender na casa dos celestes.

O São Paulo venceu 13 partidas no Mineirão, contra sete triunfos celestes. As equipes empataram outras sete vezes. Os paulistas balançaram as redes em 44 oportunidades e levaram 28 gols.

Além disso, a grande invencibilidade de 21 jogos que o Cruzeiro tem no Mineirão só não é maior por culpa do próprio São Paulo. A última vez que a equipe teve um revés no estádio foi contra o clube do Morumbi. Na oportunidade, os tricolores venceram por 2 a 0, em confronto válido pela Copa Libertadores da América de 2010 ? vale ressaltar que o Mineirão ficou fechado para reformas nos últimos anos.

Coincidência ou não, a última derrota do Cruzeiro dentro do Mineirão foi ditada por Dagoberto, hoje reserva de luxo na Toca da Raposa II. Na ocasião, ele marcou um dos gols do triunfo do São Paulo.

Para não sofrer surpresas, o lateral esquerdo Egídio afirmou que o técnico Marcelo Oliveira pediu a troca de passes e girar a bola. ?O professor pede o toque de bola para não deixar a bola parada. Ele quer sempre dois toques, não prender a bola, isso está fazendo time fazer um bom futebol?, avaliou.

O ala comentou ainda que acredita no fator casa. ?O São Paulo é um adversário difícil, mas estamos em casa, com apoio da torcida, queremos aumentar a liderança, então vamos focar pra buscar a vitória?, explicou.

Já o atacante Willian antecipa que o Cruzeiro terá mais dificuldades. Ele sabe que o momento do São Paulo é para buscar o resultado, mas deseja que a vitória fique com os donos da casa.

?Sabemos da qualidade São Paulo, mesmo não estando em situação de conforto, equipe de alta qualidade, tem que tomar cuidado, ter respeito, mas temos que nos impor, se entregar pra construir as jogadas e conquistar a vitória?, observou.

Willian disse ainda que o técnico Muricy Ramalho pode fazer a diferença no confronto, pois o treinador arma bem suas equipes e consegue grandes feitos. ?Chato pela qualidade, pelo elenco, sabemos que São Paulo não está em zona de conforto, vai ser jogo difícil, pela qualidade, pelo comandante Muricy, jogo de alto nível. Está todo mundo concentrado, dentro de campo temos que mostrar o motivo para o nosso time ser o líder?, completou.

Se o Cruzeiro está no topo, o São Paulo não faz um bom Campeonato Brasileiro. O time tricolor tem 30 pontos e é o primeiro fora da zona de rebaixamento.

Fonte: Terra