Com má cicatrização, Luis Fabiano pode fazer cirurgia

Definição sairá após consulta médica marcada para as 16h desta terça-feira



A volta do atacante Luis Fabiano aos gramados, que estava prevista para o mês de agosto, pode ser adiada mais uma vez. Tudo porque o corte da cirurgia feita em um tendão próximo ao joelho direito não cicatrizou como se esperava. Após várias tentativas sem sucesso, os médicos do São Paulo, José Sanchez e Rene Abdalla, este último responsável pela operação do camisa 9, resolveram levar o atleta a um cirurgião plástico para ver o que pode ser feito. Uma intervenção cirúrgica para corrigir o problema não está descartada.

- Às 16h, vamos todos conversar com o cirurgião plástico da confiança do Renê Abdalla para ver o que podemos fazer. O problema dele é que ficou um ponto no corte que não cicatriza. Chegou a um ponto em que fizemos tudo o que era possível e não deu o resultado esperado. Fizemos limpeza, cobertura com antibióticos e o local não fechou. Excedeu o tempo que podíamos esperar. Por isso, vamos escutar um especialista para ver o que pode ser feito ? afirmou o médico José Sanchez.

O médico do Tricolor deixou claro que a lesão não tem nenhuma relação com a cirurgia feita no dia 20 de maio, quando foi retirada uma fibrose do tendão semitendinoso.

- O local está perfeito. Não tem nada a ver com isso. Se não fosse esse problema de cicatrização, ele já estaria trabalhando no gramado. Isso normalmente acontece em cirurgias maiores. Vamos ver agora o que o profissional especializado vai decidir. É claro que se ele resolver fazer a cirurgia plástico, o prazo para voltar a treinar vai atrasar um pouco. Mas até a decisão que vamos tomar no médico, qualquer análise é precipitada - ressaltou.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com