Com Marta, Santos sonha em disputar liga nos Estados Unidos

Com Marta, Santos sonha em disputar liga nos Estados Unidos

Destaque na Seleção Brasileira, Marta foi apresentada pelo Santos

Eleita quatro vezes pela Fifa como melhor jogadora do mundo, Marta se apresentou oficialmente no Santos nesta quinta-feira, na Vila Belmiro. A atleta se mostrou animada com a informação de Murilo Barletta, diretor de futebol feminino do clube, de que o Santos está pleiteando uma vaga na liga americana de futebol feminino para o ano que vem. "Seria um sonho jogar pelo Santos nos EUA", afirmou a jogadora.

Marta assinou contrato por dois meses, mas, caso seja confirmada a competição no exterior, tem grandes chances de aumentar o vínculo com o Santos. "Estou disponível para trabalhar para o clube dentro e fora de campo. Além de títulos, o mais importante é trabalhar em prol da modalidade", disse a camisa 10 da Seleção Brasileira.

Para entrar no futebol dos Estados Unidos, o Santos tem de fazer uma parceira com um clube americano, já que a regra do torneio permite apenas cinco estrangeiras no elenco. Barletta afirmou que as negociações estão bem adiantadas - o que deixa a direção do clube bastante confiante com a possibilidade. O clube seria chamado de Santos Mermaids, em alusão ao apelido Sereias da Vila.

Por enquanto, a atleta vai atuar pela equipe em um torneio no início de janeiro, com a presença de mais três times: Palmeiras, Foz do Iguaçu e Umea, da Suécia. "É um enorme prazer voltar. A gente sabe que todos aqui têm um empenho muito grande em trabalhar em prol do futebol feminino. Eu vim pra ajudar e meu pensamento é buscar o melhor para o Santos, o espetáculo acontece naturalmente", completou.

Com chance de ser eleita pela quinta vez como melhor futebolista do mundo, Marta não se preocupa mais com o troféu. "Não digo que não fico nervosa, mas é uma coisa que nesse momento da minha vida não interfere mais", disse.

A alagoana ainda comentou: "nunca neguei que gosto do Corinthians, mas conhecendo as pessoas que trabalham no Santos, o clube já tem um lugar no meu coração".

Após vestir a camisa do clube, Marta afirmou: "o Santos é um exemplo a seguir. Esperamos que outros clubes também possam se interessar para que as meninas que gostam de futebol possam ter oportunidade".

Fonte: Terra, www.terra.com.br