Com medo do rebaixamento, Vasco promete prêmio por jogo

Com medo do rebaixamento, Vasco promete prêmio por jogo

Cada vitória até o fim do Campeonato Brasileiro vale um valor, enquanto o empate, naturalmente, menos.

Para motivar os jogadores na fuga do rebaixamento, a diretoria do Vasco, além de ter pago o salário de agosto semana passada, acertou com os jogadores premiações por jogo. Cada vitória até o fim do Campeonato Brasileiro vale um valor, enquanto o empate, naturalmente, menos. Dependendo do adversário, os valores pagos pela vitória e pelo empate são aumentados.

A expectativa do diretor geral Cristiano Koehler é que os salários de setembro possam ser pagos até sexta-feira, com os R$ 5 milhões referentes à primeira parcela do patrocínio da Caixa. A assinatura com a Estatal é aguardada até o fim da semana.

- Dependemos apenas da expedição das certidões negativas federais e de alguns ajustes com o Banco Central - explicou o dirigente.

Koehler fez questão de garantir que Dorival Júnior está seguro no cargo de técnico:

- Sabemos que futebol é resultado, mas estamos em um momento de apoio ao trabalho do Dorival, em que precisamos conquistar 50% dos pontos para não sermos rebaixados, o que é perfeitamente possível. Não há problemas entre ele e eu. O que aconteceu, no caso do Eder Luis, foi superado. Também não há atrito com o Ricardo Gomes. Ele é meu amigo.

Fonte: Extra