Com neve e frio, Seleção chega à Suíça onde enfrentará a Itália

Com neve e frio, Seleção chega à Suíça onde enfrentará a Itália

Antes do confrontou com os italianos, o Brasil terá dois treinamentos em Genebra, na terça e na quarta-feira.

Frio de três graus e neve. Foi esse o clima encontrado pelos jogadores da seleção brasileira nesta segunda-feira, em Genebra, onde o time enfrenta a Itália, na próxima quinta. Maioria na lista de convocados, os jogadores que atuam na Europa se disseram acostumados com o clima. Neymar, porém, admitiu estranheza em treinar e jogar com neve.

"O pior é o vento e o pé congelado. Já tinha visto neve, mas não jogado com ela", afirmou o astro santista ao chegar no hotel onde a seleção está hospedada.

Antes do confrontou com os italianos, o Brasil terá dois treinamentos em Genebra, na terça e na quarta-feira.

Da lista de jogadores convocados para a os amistosos contra Itália e Rússia, 15 atuam em clubes da Europa. Com o corte de Lucas, do PSG, que se lesionou, são 14 jogadores que atuam no continente, maioria entre os 22 chamados por Luiz Felipe Scolari.

Os "europeus" foram os primeiros a chegar na apresentação dos jogadores nesta segunda-feira, em Genebra, na Suíça. Luiz Gustavo e Dante, do Bayern de Munique, puxaram a fila.

"Já estou acostumado com o frio. Na Alemanha estava um pouco melhor, sem neve. Mas depois de seis anos na Europa, já não assusta mais", afirmou Luiz Gustavo.

Júlio César, entretanto, diz que não se acostumou com as baixas temperaturas, mesmo jogando há oito anos na Europa.

"Odeio frio", disse o goleiro. "Para o goleiro é bem pior. Alguns massagistas usam um creme que esquenta para ajudar, mas eu não uso".

Fonte: UOL