Com o holândes Seedorf na torcida, Botafogo vence Bahia por 3 a 0  e se aproxima do G-4

Com o holândes Seedorf na torcida, Botafogo vence Bahia por 3 a 0 e se aproxima do G-4

O Botafogo completou com chave de ouro a festa organizada pela torcida no Engenhão para a apresentação do holandês Seedorf

O Botafogo completou com chave de ouro a festa organizada pela torcida no Engenhão para a apresentação do holandês Seedorf como novo reforço alvinegro. Em jogo válido pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe botafoguense atropelou o Bahia e venceu por 3 a 0 para aplausos do mais novo ídolo alvinegro.

Com a vitória no Engenhão, o Botafogo subiu três posições na tabela e pulou para a sexta posição, com 12 pontos, embolando ainda mais o campeonato entre as equipes que vem logo abaixo do G4. Já o Bahia se complicou na tabela e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento. Com apenas sete pontos em nove jogos, a equipe baiana caiu para a 16ª posição, e pode ser ultrapassada por Palmeiras, Santos e Corinthians, que jogam neste domingo.

A presença de Seedorf nas tribunas do Engenhão parece ter injetado ânimo novo ao time do Botafogo. Sem um homem de referência no ataque, o time tocava bem a bola em jogadas rápidas. No primeiro tempo o time da casa não deu chance ao adversário e foi à rede duas vezes com Cidinho. Na segunda etapa, Elkeson completou o placar. Com o resultado, o Bahia segue sem vencer o Botafogo. O jejum já dura 12 anos. A última vitória do time tricolor ocorreu em 2000, na disputa da Copa João Havelange.

O próximo jogo do Botafogo pelo Campeonato Brasileiro será em partida adiada da sétima rodada contra o Corinthians, na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Pacaembu. Já o Bahia volta a campo pela nona rodada da competição no próximo domingo, dia 15, quando recebe o Flamengo, às 16h, no estádio de Pituaçu.

O jogo

Empolgados com a presença do novo ídolo Seedorf e com bom público no Engenhão, os jogadores do Botafogo começaram o jogo tomando a iniciativa da partida. Mas foi o Bahia quem teve a primeira chance. Em cobrança de escanteio, aos 3min, Elias desviou e Fábio Ferreira salvou em cima da linha. No lance seguinte, o Botafogo abriu o placar. Após boa jogada, Márcio Azevedo avançou pela esquerda até a linha de fundo e cruzou na cabeça do baixinho Cidinho, que só teve o trabalho de empurrar para as redes, fazer 1 a 0 e arrancar aplausos do holandês Seedorf.

Após o gol, o time da casa continuou dominando as ações, valorizando a posse de bola e tentando chegar ao ataque. Os leves atacantes Cidinho e Vítor Júnior levavam perigo com jogadas de habilidade. Desorganizado, o Bahia esbarrava na boa marcação do Botafogo. Aos 41min, o time alvinegro voltou a incomodar. Andrezinho bateu falta e Lomba mandou para escanteio. Na cobrança, Elkeson desviou de cabeça na segunda trave para outra boa defesa do goleiro baiano.

Melhor na partida, o Botafogo voltou a imprimir no final do primeiro tempo o mesmo ritmo do início da partida. O goleiro Jefferson ainda deu um susto na torcida botafoguense ao sair jogando errado, mas o atacante Souza estava impedido. Aos 44min, brilhou novamente a estrela do garoto Cidinho. O atacante arriscou de longe, a bola desviou no zagueiro Titi, enganou Lomba e morreu no fundo da rede, 2 a 0.

Assim como no início da primeira etapa, o Botafogo partiu com tudo no segundo tempo e logo marcou um gol. Após bela jogada entre Andrezinho e Renato, Elkeson emendou de primeira da entrada da área para marcar um golaço e ampliar para 3 a 0. Melhor na partida, o time da casa seguiu pressionando e perdeu boas chances com Cidinho e Elkeson. O Botafogo diminuiu o ritmo, mas manteve o controle da partida e venceu por fáceis 3 a 0.

Ficha técnica

BOTAFOGO 3 X 0 BAHIA

Gols

BOTAFOGO: Cidinho, aos 5 minutos do primeiro tempo; Cidinho, aos 45 minutos do segundo tempo; Elkeson, aos 3min do segundo tempo

BAHIA:

BOTAFOGO: Jeferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Renato, Lucas Zen, Elkeson (Jadson) e Andrezinho; Cidinho (Fellype Gabriel) e Vítor Júnior (Sassá)

Treinador: Oswaldo de Oliveira

BAHIA: Marcelo Lomba; Fabinho, Danny Morais, Titi, Fahel, Hélder; Gabriel, Kleberson e Mancini, Souza (Jones) e Elias(Lulinha)

Treinador: Paulo Roberto Falcão

Cartões amarelos

BOTAFOGO: Antônio Carlos, Elkeson

BAHIA:Souza, Titi, Elias, Danny Morais, Hélder

Árbitro

Raphael Claus

Local

Engenhão, Rio de Janeiro

Fonte: Terra