Com "olé" da torcida no 1º tempo, Vitória empata e se consagra campeão baiano

Vitória encerra o Campeonato Baiano com desempenho impressionante contra seu principal riva

Depois de vencer o arquirrival Bahia por 7 a 3 na primeira partida da final do Campeonato Baiano, o Vitória não precisou de muito para confirmar a conquista do título. Neste domingo, no Barradão, o time abriu o placar no primeiro tempo e, precisando levar seis gols para perder a taça, ouviu a torcida fazer festa e gritar ?olé? desde antes do intervalo. Ao final, empate por 1 a 1 encerrou a competição.

Assim, o Vitória encerra o Campeonato Baiano com desempenho impressionante contra seu principal rival: quatro vitórias em quatro jogos, com 14 gols marcados e apenas seis sofridos. A média foi de 3,5 gols por partida, partindo da goleada por 5 a 1 na inauguração da Arena Fonte Nova, em 7 de abril, até o 7 a 3 da primeira partida da final.

A missão do Bahia no Barradão era extremamente difícil: vencer por cinco gols de diferença, já que o rival tinha a vantagem do empate por conta da campanha melhor na fase de grupos do Estadual. O Vitória diminuiu ainda mais as esperanças aos 18min, ao abrir o placar. Nino Paraíba recebeu dentro da área e bateu cruzado, deixando para Dinei completar para o gol.

Aos 35min, ainda antes do intervalo, o torcedor do Vitória já gritava ?olé? para provocar o arquirrival. O time quase ampliou aos 39min: Dinei dividiu com o goleiro Omar, mas Jussandro afastou em cima da linha, em lance polêmico. O Bahia ainda empatou, com gol de Fernandão tocando na saída do goleiro Wilson. Nada que pudesse ameaçar a conquista do Vitória em casa.



Fonte: Terra