Com permanência incerta, Joel quer revitalizar o Fla para o Brasileiro

Técnico diz que time precisa de peças de reposição para a sequência da temporada


Com permanência incerta, Joel quer revitalizar o Fla para o Brasileiro
É sob a incerta permanência no cargo que Joel Santana fala do futuro do Flamengo. Em pouco mais de uma semana, o time caiu na primeira fase da Libertadores e foi eliminado pelo Vasco na semifinal da Taça Rio. O Rubro-Negro só volta a jogar no dia 20 de maio, pelo Campeonato Brasileiro. Será a única competição no segundo semestre. A estreia vai ser contra o Sport, no Recife. Até lá, o técnico espera ficar no cargo e receber reforços. Zaga e meio-campo são os setores mais carentes.

Na semana passada, o treinador e a diretoria começaram a definir os nomes que vão chegar e sair. É certo que o volante Airton e o atacante Itamar não continuam. É provável que o volante Willians seja negociado. O clube tenta rescindir com pelo menos outros dois atletas. Após a derrota para o Vasco, Joel disse que a análise vai começar a tomar forma a partir dessa semana.

- Nós precisamos de algumas situações, peças de reposição. Isso é muito claro. Temos que entender e saber parar para ver o que fizemos de bom e de ruim em termos de produtividade individual e coletiva. Uma grande firma é assim. Vamos analisar com calma para o Brasileiro. A direção já tem mais ou menos uma ideia. Agora vamos confirmar aquilo que entendemos.

A ideia é revitalizar o grupo, mas ao mesmo tempo reduzir os gastos com a folha salarial. O treinador, no entanto, não tem garantias de que receberá os atletas que pediu.

Temos posições carentes e temos que repor. Alguma coisa vai ter que ser feita. Nossa equipe de base é boa. Se o clube não tiver como contratar, vamos procurar em casa"

Joel Santana, técnico do Flamengo

- Não adianta falar muita coisa. Se a direção falar que o time é esse, vamos ter que ir com esse grupo. Mas nós precisamos, vamos precisar. Temos posições carentes e temos que repor. Alguma coisa vai ter que ser feita, e vamos ver o que vai ter que ser feito. Temos de definir o que a gentre quer. Fazemos gols, mas a gente toma. No Carioca, pelo menos um gol por jogo a gente tomava. Está faltando equilíbrio. Precisamos melhorar.

O clube conta com dois nomes para a sequência da temporada: o volante paraguaio Cáceres, do Libertad, que ainda disputa a Libertadores, e o lateral-direito Wellington, ex-Resende. O treinador também pretende garimpar na base. Na semana passada, ele assistiu a um jogo do time júnior e pretende promover atletas.

- Nossa equipe de base é boa, tem uns quatro jogadores que podem fazer parte do Brasileiro. Com certeza, no momento que tivermos chance, vamos trazer os valores. Tenho trabalhado com o que temos. Se o clube não tiver como contratar, vamos procurar em casa. Isso está sendo bem feito. Vamos botar os garotos mesmo.

Por ora, a diretoria assegura que Joel fica. Segundo o vice de relações externas, Walter Oaquim, em conversa com a presidente Patricia Amorim ficou decidido que o treinador precisa de mais tempo. Ele vai completar três meses no cargo no início do próximo mês.

O grupo do Flamengo está de folga nesta segunda-feira. A programação de treinos da semana ainda não foi divulgada.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com