Com problemas de saúde, lutador pode largar MMA e virar escritor

Com problemas de saúde, lutador pode largar MMA e virar escritor

Hardy é avesso ao tratamento cirúrgico – uma das únicas opções que poderiam possibilitar seu retorno ao octógono.

Lutador profissional de MMA desde 2004, com 36 lutas no cartel, sendo 25 vitórias e 10 derrotas, o inglês Dan Hardy, de 30 anos, soube apenas há algumas semanas que sofre de uma doença chamada Síndrome de Wolff-Parkinson White ? que causa palpitações e arritmia cardíaca. A descoberta aconteceu durante os exames de rotina realizados para a luta contra Matt Brown, que estava agendada para o UFC on FOX 7, dia 20 de abril, nos Estados Unidos. Entretanto, para preservar a saúde do atleta, a Comissão Atlética da Califórnia o proibiu de lutar.

Ainda sob o impacto da novidade, o inglês conversou com a TATAME e afirmou que esperava poder voltar a lutar na Europa, Austrália ou Ásia, mesmo que fosse apenas uma luta por ano, mas devido à postura do UFC sua carreira pode estar mesmo com os dias contados.

?O UFC está me dizendo que eu não posso mais lutar, a não ser que eu seja liberado por um médico. Eles acham que é muito arriscado?, revela.

Hardy é avesso ao tratamento cirúrgico ? uma das únicas opções que poderiam possibilitar seu retorno ao octógono. ?Eu não posso me submeter a uma cirurgia por causa de algo que nunca foi um problema na minha vida?, justifica.

Fonte: Tatame.com