Com tom de provocação, meia Souza diz que o Grêmio vai tentar derrotar o Flamengo

Neste domingo, o Tricolor enfrenta o Flamengo pela última rodada do Brasileirão

Até quando precisa esclarecer polêmicas Souza consegue provocar. Nesta quinta-feira, o meia do Grêmio manteve o tom da entrevista que deu após o jogo contra o Barueri, no último fim de semana, mas se justificou e disse que foi injustiçado. O tom cauteloso predominou, mas ele não perdeu a oportunidade de alfinetar o rival.

Neste domingo, o Tricolor enfrenta o Flamengo pela última rodada do Brasileirão. Se vencer ou empatar, ajuda o Inter, que pega o Santo André, a conquistar o título. Para o camisa 8, o assunto do momento é um exagero.

- Não será o primeiro jogo que o Inter vai depender do Grêmio. O pessoal coloca responsabilidade no Grêmio que não é dele. O Inter ficou 12 pontos na frente do Flamengo, que está na frente hoje. O Inter não teve competência para se manter na frente ? disse.

Souza recorre, inclusive, ao desempenho ruim dos gremistas fora de casa neste Campeonato Brasileiro (apenas uma vitória, sobre o rebaixado Náutico) para minimizar a responsabilidade que paira pelos lados do estádio Olímpico.

- Querem que o Grêmio vá para o Rio com a obrigação de fazer o que não fez o ano inteiro. Se criou um clima ruim para o jogo. Se já estava ruim ganhar fora de casa, imagina com uma pressão como essa ? destacou.

Por outro lado, ele assegura que, se for escalado, vai jogar para conquistar a vitória e imagina uma situação para comprovar tal promessa.

- Sem sombra de dúvida. Se eu sair cara a cara com o Bruno, vou fazer o gol e vou comemorar. Tenho 13 e, se puder fazer mais, não vou deixar passar. Não é que os torcedores do Inter podem contar com minha ajuda. Nunca vão contar com isso. Vou honrar a camisa do Grêmio ? contou.

O jogador acredita que o Grêmio tem o direito de escalar os jogadores que bem entender, sem sofrer com qualquer interferência, e faz um lembrete ao rival.

- O Inter tem que vencer o jogo dele, e o Grêmio fazer o que o presidente (Duda Kroeff) quiser ? frisou.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com