Com um a mais, Palmeiras bate Penapolense e mantém 100%

Com um a mais, Palmeiras bate Penapolense e mantém 100%

Na próxima rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras tem um teste de fogo para comprovar a boa fase em 2014

O Palmeiras manteve a campanha de 100% de aproveitamento neste início de Campeonato Paulista. Na noite desta quinta-feira, o time comandado por Gilson Kleina, com um homem a mais em campo, encontrou dificuldades, mas superou o Penapolense por 1 a 0, pela quarta rodada do Grupo D do Estadual, e embalou ainda mais visando o clássico do próximo domingo, diante do São Paulo. O meio-atacante Marquinhos Gabriel foi o autor do único gol do duelo disputado no Estádio Pacaembu.

Com mais um resultado positivo, o Palmeiras passou a somar 12 pontos em quatro jogos, na liderança da chave. Já o rival do interior é apenas o vice-lanterna do Grupo A, com três pontos. Além disso, o jogo desta noite foi o primeiro do time alviverde sem o então capitão e zagueiro Henrique, negociado com o Napoli, da Itália. Ele já se apresentou ao novo clube e foi substituído no time titular pelo jovem Wellington.

A partida foi truncada e feia durante boa parte do primeiro tempo. Com Valdivia na armação, o Palmeiras tentava colocar a bola no chão para penetrar na defesa adversária, mas não encontrava muitos espaços. As coisas começaram a ficar mais claras ao time de Gilson Kleina a partir dos 41min, com a expulsão do atacante Heleno. Ele acertou uma "voadora" nas costas do meio-campista Wesley e foi punido com o cartão vermelho.

Na volta do intervalo, com um homem a mais e Marquinhos Gabriel na vaga do chileno Valdívia, o Palmeiras acordou e passou a pressionar o Penapolense. Logo no primeiro minuto, após cobrança de escanteio da direita, Marcelo Oliveira desviou de cabeça e a bola explodiu no travessão. O zagueiro Lúcio ficou com a sobra, mas isolou o chute de perna esquerda.

Apoiado pelos cerca de 11 mil torcedores que foram ao Estádio Pacaembu, a equipe alviverde se soltou e começou a arriscar mais chutes de fora da área. Wesley, Marquinhos Gabriel e Wendel tiveram boas chances, mas pararam nas mãos do goleiro Samuel.

No entanto, aos 20min, não deu para o camisa 1 do Penapolense. Alan Kardec foi acionado na ponta direita e cruzou forte, rasteiro. Samuel deu rebote e Marquinhos Gabriel apareceu livre, no meio da área, para encher o pé e correr para o abraço. Foi o primeiro gol do meia-atacante com a camisa do Palmeiras (ele já tinha dado duas assistências no último domingo, na vitória por 4 a 1 diante do Atlético Sorocaba).

Após o gol, o Palmeitras diminuiu um pouco o ritmo, mas ainda assim se manteve em cima do Penapolense. Wesley e Wendel voltatram a criar boas chances, mas não conseguiram aumentar a vantagem anfitriã. O time do interior, por sua vez, apostava em poucos contra-ataques e teve a melhor chance aos 34min: Lucas cruzou com perigo na área, o goleiro Fernando Prass saiu mal e quase Rafael Ratão empatou.

Na próxima rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras tem um teste de fogo para comprovar a boa fase em 2014: desafia o rival São Paulo, às 17h de domingo, em clássico no mesmo Pacaembu. Já o Penapolense recebe o Mogi Mirim, também no domingo, mas às 19h30.

Fonte: Terra