Com um jogador a menos, Grêmio vence Botafogo e mantém busca ao líder

Com um jogador a menos, Grêmio vence Botafogo e mantém busca ao líder

A vitória deixa o Grêmio mais tranquilo na classificação: chega aos 48 pontos

Mesmo jogando com um homem a menos desde os 30min do primeiro tempo, o Grêmio conseguiu um importantíssimo resultado no Maracanã na noite deste sábado: fez 1 a 0 no pressionado Botafogo, deixou o rival para trás na classificação e manteve a perseguição ao Cruzeiro, líder do Campeonato Brasileiro.

A vitória deixa o Grêmio mais tranquilo na classificação: chega aos 48 pontos, abrindo cinco de vantagem para o terceiro colocado Botafogo. O time gaúcho completa cinco rodadas sem derrota, sendo a terceira vitória consecutiva por 1 a 0. Já o Botafogo se vê cada vez mais pressionado pela torcida: trata-se do 5º jogo sem vitória no Campeonato Brasileiro.

Na próxima rodada, ambos os times entram em campo na noite de quarta-feira. O Grêmio pega o Criciúma às 19h30 (de Brasília), na Arena em Porto Alegre. Já o Botafogo terá boa oportunidade de findar a série negativa na competição: terá pela frente o Náutico, último colocado, às 21h50, na Arena Pernambuco.

Botafogo e Grêmio começaram a partida de forma equilibrada, com boas tentativas dos dois lados, mas o lance que definiu o confronto ocorreu aos 31min. Kleber recebeu pela direita e tentou chutar para o gol, mas na sequência do lance acertou a sola da chuteira em Dória, que o acompanhava no lance. O árbitro Wilton Pereira Sampaio deu o segundo amarelo e expulsou o gremista.

Com um a menos, o Grêmio se fechou ainda mais, na expectativa de conseguir um gol em lance isolado ou de contra-ataque. Isso ocorreu aos 38min. Riveros recebeu bola na linha de fundo, pela esquerda, e tocou para trás, onde Alex Telles apareceu para acertar um forte chute no ângulo esquerdo de Jefferson, que nada pôde fazer. O gol, junto à expulsão, condicionou o confronto.

O Grêmio então se fechou e, com marcação muito eficiente, colocou a pressão no Botafogo. O time alvinegro, por sua vez, sofreu com problemas para criar as jogadas e passou a ser pressionado pela torcida. No segundo tempo, as reações foram as mais variadas: torcedores pedindo para a diretoria atrasar os salários e vaias para todos ? incluindo o ídolo Seedorf.

Para agravar a situação, o Botafogo quase não conseguiu criar chances reais de gol. A melhor delas veio aos 9min da etapa final: Renato pegou sobra de cruzamento e, da intermediária, acertou forte chute que ainda desviou na zaga gremista, mas Dida mostrou bons reflexos e conseguiu defender. Com o ferrolho montado, o time gaúcho sustentou braviamente a vitória em pleno Maracanã.

Fonte: Terra