Com vitórias no revezamento, peito e borboleta, Brasil fatura o Raia Rápida

Com vitórias no revezamento, peito e borboleta, Brasil fatura o Raia Rápida

Time formado por Guilherme Guido, Nicholas Santos, Felipe França e Matheus Santana faz 15 pontos e deixa Estados Unidos, África do Sul e Austrália para trás

A equipe brasileira foi soberana no desafio da Raia Rápida, realizado na manhã deste domingo na piscina do Botafogo, no Rio de Janeiro. Além de levar a melhor na maioria das provas individuais, os nadadores donos de casa despacharam Estados Unidos, África do Sul e Austrália também no revezamento, prova que tinha pontuação dobrada e encerrou a disputa. Com um tempo de 1min37s68, Guilherme Guido, Nicholas Santos, Felipe França e Matheus Santana puderam comemorar a primeira colocação. Os americanos ficaram em segundo, africanos em terceiro e australianos na lanterna.

O Brasil só não teve representante na decisão de uma das modalidades, o nado livre. Com boas apresentações, venceu no borboleta com Nicholas Santos e no peito com Felipe França, que bateu o colega e rival sul-africano Cameron Van Der Burgh. No nado costas, Guilherme Guido foi batido por Gerhard Zandberg, responsável pela única vitória da África do Sul.

No livre, Anthony Ervin rendeu três pontos para os Estados Unidos, que terminaram empatados com o país africano com sete pontos no total - dois a menos que o Brasil, líder nas provas individuais. Na lanterna, a Austrália, primeira eliminada em três das quatro disputas, fez apenas um ponto, com Jayden Hadler no nado borboleta. Cada avanço de etapa rendia um ponto, ou seja, o vencedor marcava três, o vice dois, o terceiro um e o último colocado não pontuava.

A diferença conquistada nas provas individuais não garantia a conquista ao Brasil, já que o revezamento tinha peso maior na pontuação. Com bom desempenho, no entanto, mais seis pontos foram somados, totalizando quinze no total.

Costas:
1º eliminado - Daniel Amamnart (AUS)
2º eliminado - David Plummer (EUA)
Final: Gerhard Zandberg (AFR) x Guilherme Guido (BRA)

Borboleta:
1º eliminado - Giulio Zorzi (AFR)
2º eliminado - Jayden Hadler (AUS)
Final: Nicholas Santos (BRA) x Eugene Godsoe (EUA)

Peito:
1º eliminado: James Stacey (AUS)
2º eliminado: Mike Alexandrov (EUA)
Final: Cameron Van Der Burgh (AFR) x Felipe França (BRA)

Livre:
1º eliminado: Kurt Herzog (AUS)
2º eliminado: Matheus Santana (BRA)
Final: Ronald Schoeman (AFR) x Anthony Ervin (EUA)

Revezamento:
1º - Brasil
2º - Estados Unidos
3º - África do Sul
4º - Austrália

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Globo Esporte