Comitê Rio-2016 estuda medidas judiciais contra ator por piada sobre o Rio

Sobre o país, o ator disse: "o Brasil mandou 50 strippers e meio quilo de pó"

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio-2016 resolveu não comentar as declarações do ator Robin Williams durante entrevista ao programa "Late Show", de David Letterman. Em nota, os organizadores comunicaram que "o assunto está nas mãos de seus advogados, capitaneados por Sergio Mazzilo, que estão analisando as medidas judiciais cabíveis nos Estados Unidos".

Vencedor do Oscar de ator coadjuvante de 1998 por sua atuação em "Gênio Indomável", ele fez piada sobre a escolha da cidade brasileira para receber o evento. Famoso no Brasil por suas atuações em "Bom Dia, Vietnã", "Sociedade dos Poetas Mortos" e "Uma Babá Quase Perfeita", entre outros, o artista não poupou ironia:

- Espero que a Oprah (Winfrey, apresentadora) não esteja chateada com as Olimpíadas. Chicago mandou Oprah e Michelle (Obama, primeira-dama americana). O Brasil mandou 50 strippers e meio quilo de pó. Não foi justo - afirmou, entre risos.

O Rio ganhou o direito de ser sede das Olimpíadas no dia 2 de outubro, em Copenhague após vencer a eleição que contou com as candidaturas de Chicago, Madri e Tóquio.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com