Sob risco de morte, Laís Souza não mexe os braços e pernas

Sob risco de morte, Laís Souza não mexe os braços e pernas

Hospital divulga primeiro boletim médico após cirurgia na coluna cervical.

Após a chegada do médico brasileiro Antonio Marttos Jr. a Salt Lake City, o Hospital da Universidade de Utah divulgou o primeiro boletim sobre o estado de Laís Souza, de 25 anos, que sofreu grave acidente quando esquiava na última segunda-feira e foi submetida a uma cirurgia para realinhamento da vértebra 3 da coluna cervical. De acordo com a nota, a brasileira está internada na Unidade de Terapia Intensiva Neurológica, consciente, respirando com ajuda de ventilação, sem conseguir mexer braços e pernas, tendo sofrido um "trauma severo na coluna cervical". Ela se comunicou com os médicos por poucas palavras e gestos com a cabeça. Seu estado é gravíssimo, porém estável. Ainda há risco de morte.

- Laís sofreu um trauma severo na coluna cervical. De acordo com a equipe médica, Laís foi submetida a tratamento cirúrgico para realinhar a coluna cervical. Laís está acordada, segue comandos, mas não pode mover seus braços e pernas neste momento e está com o auxílio de ventilação mecânica para respirar. Está sendo cuidada pela Dra. Holly Ledyard, neurointensivista, e pelo Dr. Andrew Dailey, neurocirurgião, ambos da Universidade de Utah.

Em entrevista ao Jornal Nacional desta terça-feira, o superintendente executivo do COB, Marcus Vinícius Freire, revelou que, no momento do acidente, Laís esquiava pela pista normal e não estava treinando saltos.

- O técnico dela estava com ela. Ela estava esquiando livre, em pista normal, não estava saltando. O técnico vinha na frente dela

Médico da Universidade de Miami, Antonio Marttos Jr. já colocou à disposição a estrutura do hospital onde trabalha para a recuperação da atleta - o local é referência e já ajudou a jogadora de vôlei Jaqueline a se recuperar de uma lesão na coluna vertebral durante o Pan de Guadalajara, em 2011.

- Laís terá uma longa recuperação à sua frente. Neste momento, não podemos prever como será seu prognóstico em longo prazo. Ela está recebendo cuidados médicos excelentes e sua equipe médica está fazendo tudo para que ela tenha a melhor recuperação possível - disse Marttos Jr.

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) informou que a famíla de Laís está sendo assistida e informada diretamente. Além disso, o COB ofereceu passagem aérea e hospedagem para a mãe da atleta, Odete, viajar a Salt Lake City para acompanhar a recuperação da filha, aguardando apenas a liberação do visto, podendo embarcar ainda nesta quarta-feira.

O acidente:

Laís estava em busca de uma vaga na disputa de Aéreos do Esqui Estilo Livre e treinava em Salt Lake City quando sofreu uma queda na pista normal de esqui. O acidente provocou uma torção vértebra 3 da coluna cervical, que foi deslocada e realinhada após cirurgia.

Confira o boletim médico na íntegra:

Laís Souza, 25 anos, atleta integrante do Time Brasil, sofreu grave acidente enquanto esquiava em Park City, Utah, na ultima segunda-feira, 27 de janeiro de 2014. Neste momento ela está sendo tratada na Unidade de Terapia Intensiva Neurológica do Hospital da Universidade de Utah, em Salt Lake City. Laís sofreu um trauma severo na coluna cervical.

De acordo com a equipe médica, Laís foi submetida a tratamento cirúrgico para realinhar a coluna cervical. Laís está acordada, segue comandos, mas não pode mover seus braços e pernas neste momento e está com o auxílio de ventilação mecânica para respirar. Está sendo cuidada pela Dra. Holly Ledyard, neurointensivista, e pelo Dr. Andrew Dailey, neurocirurgião, ambos da Universidade de Utah.

Laís terá uma longa recuperação à sua frente. Neste momento, não podemos prever como será seu prognóstico em longo prazo. Ela está recebendo cuidados médicos excelentes e sua equipe médica está fazendo tudo para que ela tenha a melhor recuperação possível?, disse o médico do Time Brasil, Dr. Antonio Marttos.

Fonte: GloboEsporte