Copa do Brasil: Goleiro vai a banheiro e perde voo de seu time

Copa do Brasil: Goleiro vai a banheiro e perde voo de seu time

Às vésperas de enfrentar o Trem-AP, pela primeira fase da Copa do Brasil

Às vésperas de enfrentar o Trem-AP, pela primeira fase da Copa do Brasil, o goleiro do Náutico, Glédson, passou por um contratempo curioso. Por conta de um problema estomacal, o jogador perdeu a conexão que levava a equipe de Belém a Macapá. Enquanto seus companheiros levantavam voo, o jogador estava dentro de um banheiro do aeroporto Brigadeiro Protásio de Oliveira. Glédson teve de pegar um avião de outra companhia aérea e acabou pagando a diferença como punição.

"O que aconteceu foi a soma de alguns fatores infelizes. Ninguém teve culpa de nada. Mas tudo já foi resolvido e o que ocorreu não tirou o humor do grupo", disse o gerente de futebol do Náutico, Gustavo Mendes, lembrando que o atleta é presidente da "caixinha dos atletas" e vai ter de pagar para eles o custo extra.

O Náutico enfrenta o Trem-AP, hoje, a partir das 21h. Quase que totalmente desconhecido, o adversário parece ser um mero detalhe a ser vencido depois de tanta confusão que precedeu a estreia do time pernambucano na Copa do Brasil.

"Será muito bom se conseguirmos eliminar o jogo de volta porque teríamos depois do compromisso contra a Cabense (domingo, pelo Estadual) mais de dez dias para trabalhar", afirmou o treinador Roberto Fernandes, acreditando que pode eliminar o Trem em apenas uma partida. Ele deve fazer alterações em relação ao time que vinha jogando, colocando três volantes e um time que se adapte mais ao gramado alto e irregular do Estádio Glicério Marques.

O Trem já disputou a Copa do Brasil duas vezes, sendo sempre eliminado na primeira fase. Como o Campeonato Amapaense só começa no segundo semestre o time fez alguns amistosos para se preparar. O treinador Vitor Jayme deve entrar com uma equipe defensiva, para tentar levar a disputa para Recife.

Prováveis escalações:

Náutico: Glédson; Peter, Everton Luiz, Jorge Felipe, Aírton; Derley, Élton, Willian; Kieza (Deyvid Sacconi), Bruno Meneghel e Ricardo Xavier. Treinador: Roberto Fernandes.

Trem-AP: Cristiano; Ro, Filho, Remerson, Paulo Roberto; Diogo Piraca, Anderson, Lessandro e Renan; Bruno Rafael e Jean Marabaixo. Treinador: Vitor Jayme.

Fonte: Terra, www.terra.com.br