Corinthians aposta em Tolima ofensivo para levar vaga

Esperança do Alvinegro é ter espaços para marcar ao menos um gol em Ibagué

Apesar de ter apresentado um futebol abaixo do esperado pelos mais de 26 mil torcedores que foram ao Pacaembu empurrar o time para cima do Deportivo Tolima-COL, nesta quarta-feira (26), o Alvinegro deixou o estádio confiante em trazer a vaga para a fase de grupos da Libertadores da América na bagagem de volta de Ibagué, na próxima semana.

O técnico Tite foi o primeiro a apostar que o esquema de jogo essencialmente defensivo apresentado pelos visitantes no empate por 0 a 0 desta quarta não se repetirá em território colombiano.

- Aqui eles fizeram a triangulação da escola colombiana. Lá vão ter que sair mais, então vão expor os zagueiros, que são altos, bons na bola aérea, mas embaixo sem a mesma eficiência. Lá, os espaços que não tivemos no último terço do gramado vão acontecer. Vamos ser mais agredidos, mas vamos ter mais espaço para agredir.

As palavras do treinador ganharam mais força nos discursos dos atletas, que tentaram esconder a frustração pelo mau resultado com a projeção do que pode vir a acontecer na próxima quarta-feira (2). Leandro Castán depositou todas as suas fichas no gol marcado fora de casa.

- Temos que acreditar e manter a confiança, pois, se fizermos um gol lá, mudamos toda a história. Tomara que eles saiam para o jogo, pois, desta forma, teremos mais espaços para atacar.

Companheiro de setor de Castán, Chicão mostrou um entrosamento perfeito nas palavras.

- Temos que fazer gol lá, pois empate com gols é nosso. Não sabemos como o Tolima joga em casa, pois o Tite ainda vai nos mostrar os vídeos, mas acreditamos que eles saiam mais para o jogo.

O terceiro jogador de defesa a adotar o ?mantra? da obsessão por ao menos um gol na casa rival foi Roberto Carlos. Na cabeça do lateral-esquerdo, a possibilidade de definir a vaga nos pênaltis ? o que acontecerá em caso de novo 0 a 0 -, é remota.

- Temos que fazer gols. Se conseguirmos ao menos um lá, teremos grandes chances de sair com a classificação.

Se superar o Tolima e ficar com a vaga na fase de grupos da Libertadores, o Timão terá pela frente o Estudiantes-ARG, o Guarany-PAR, e o Cruzeiro, vice-campeão brasileiro de 2010.

Fonte: R7, www.r7.com