Corinthians derrota Coritiba com pênalti polêmico no final do jogo e volta ao G-4

Corinthians derrota Coritiba com pênalti polêmico no final do jogo e volta ao G-4

As alterações e também a postura defensiva alviverde fizeram o Corinthians crescer no final.

Em um jogo de marcação forte, com dois times muito disciplinados taticamente, um pênalti polêmico definiu o resultado final: o Corinthians caminhava para mais um empate, mas contou com a decisão discutível do juiz para vencer o Coritiba em casa, por 1 a 0, pelo Campeonato Brasileiro. O time paranaense reclamou bastante, mas não teve jeito: com a vitória, os corintianos entram no G-4, tirando exatamente os alviverdes da zona de classificação para a Copa Libertadores.

A marcação forte e eficiente do Coritiba deixou o jogo lento desde o primeiro tempo, já que o Corinthians teve mais posse de bola, mas não conseguia chegar até a área adversária. A primeira oportunidade de gol só veio aos 17min, em jogada aérea. Alexandre Pato aproveitou cobrança de falta e cabeceou com firmeza, mas Vanderlei defendeu.

Em busca de contra-ataques, o Coritiba também mostrou pouca eficiência no ataque. O único susto contra Cássio aconteceu aos 21min, quando Júnior Urso arriscou um chute de fora da área e quase acertou o ângulo. Mas o Corinthians também tem um bom chutador, Renato Augusto, que quase marcou de longe aos 37min, que Vanderlei conseguiu espalmar.

Os times saíram para o intervalo, mas pouca coisa mudou no segundo tempo, principalmente no lado corintiano. Já o Coritiba pelo menos passou a acertar contra-ataques. Só faltou acertar a finalização: na melhor chance, aos 11min, Arthur recebeu ótimo passe de Robinho e chutou cruzado, mas Cássio defendeu com os pés.

A resposta corintiana veio depois da entrada de Romarinho. Ele logo começou uma jogada pela esquerda, tocou para Fábio Santos, que deixou Pato na frente do gol, mas a finalização foi péssima. Então Tite resolveu tirá-lo para apostar em Guerrero e também colocou Douglas na vaga de Renato Augusto.

As alterações e também a postura defensiva alviverde fizeram o Corinthians crescer no final. Tanto que, aos 41min, Gil esteve muito perto de decidir o jogo com um cabeceio, e Vanderlei defendeu. Porém, o goleiro não teve como salvar no final, quando Pericles Bassols viu pênalti de Luccas Claro em Danilo. Guerrero foi para a cobrança e decidiu a partida, para reclamação geral do Coritiba.

Fonte: Terra