Corinthians encerra jejum de 12 anos e vai às quartas de final

Corinthians encerra jejum de 12 anos e vai às quartas de final

A equipe voltou a vencer um mata-mata dentro do torneio mais importante do continente

O Corinthians evitou a surpresa e avançou às quartas de final da Copa Libertadores da América. Na noite desta quarta-feira, no Estádio do Pacaembu, o clube do Parque São Jorge derrotou o Emelec, do Equador, pelo placar de 3 a 0 e encerrou uma "maldição" que assombrava o time dentro da principal competição sul-americana. Pela primeira vez desde 23 de maio de 2000, quando passou pelo Atlético-MG por 2 a 1, a equipe voltou a vencer um mata-mata dentro do torneio mais importante do continente.

Desde superar os mineiros, o Corinthians caiu na semifinal da própria Libertadores de 2000 para o arquirrival Palmeiras. Em 2003 e 2006, no Morumbi e no Pacaembu, respectivamente, o clube alvinegro caiu ainda nas oitavas de final para o River Plate, da Argentina. Há dois anos, o Flamengo, em pleno Pacaembu, foi o responsável pela queda alvinegra. Em 2011, o Deportes Tolima, ainda na Pré-Libertadores, acabou protagonizando um dos maiores vexames da história do clube.

A paciência tanto trabalhada pelo Corinthians durante a semana apareceu na noite desta quarta-feira no Estádio do Pacaembu. A equipe comandada por Tite mostrou tranquilidade para trabalhar a bola e mostrou um sistema de marcação eficaz, neutralizando qualquer tentativa por parte do Emelec. Com Alex solto para criar, o time do Parque São Jorge controlou o ritmo de jogo e não demorou a criar oportunidades.

Logo na primeira vez frente a frente com o goleiro Esteban Dreer, o clube brasileiro já comemorou no Pacaembu. Aos 7min, Emerson recebeu passe de Alex pela ponta esquerda e cruzou. O lateral esquerdo Fábio Santos ganhou na dividida de dois zagueiros e tocou para o gol, promovendo uma enorme festa e uma sensação de alívio no Paulo Machado de Carvalho.

O gol corintiano mudou a postura do Emelec em campo. A equipe equatoriana se soltou e passou a administrar o ritmo de jogo. O Corinthians, por outro lado, caiu de rendimento, mas conseguiu criar boas chances para ampliar. Aos 22min, Paulinho soltou um forte chute de dentro da área e viu Dreer fazer uma defesa espetacular. Aos 41min, o volante corintiano, de cabeça, acertou a trave, na última grande oportunidade da etapa inicial.

Apesar das boas chances criadas, o Corinthians retornou do intervalo preocupado com o volume de jogo criado pelo Emelec. A equipe equatoriana insistiu nas jogadas aéreas e rondou a área defendida pelo seguro goleiro Cássio. O ritmo veloz dos equatorianos movimentou a defesa de Tite, que conseguiu evitar chances claras contra a meta do camisa 24 do time mandante.

Embora tenha encontrado um adversário que apresentava um melhor volume, o Corinthians se aproximou de definir o confronto aos 19min. Em falta na intermediária, Chicão levantou na medida para Paulinho. O volante, depois de deixar a marcação equatoriana para trás, tocou de cabeça para anotar o segundo gol do time alvinegro no Pacaembu.

O tento anotado pelo meio-campista trouxe a tranquilidade necessária para, enfim, espantar qualquer tipo de surpresa e assegurar passagem às oitavas de final da Libertadores. Em contra-ataque, Danilo recebeu passe na esquerda e tocou para Alex de primeira. O meia, promovido ao time titular para partida desta quarta-feira, finalizou firme para marcar o terceiro e sacramentar o placar do jogo.

Fonte: Terra