Corinthians empata com Palmeiras por 1 a 1, e liderança fica com Fluminense

Corinthians empata com Palmeiras por 1 a 1, e liderança fica com Fluminense

Com o resultado, os corintianos chegaram a 25 pontos - um a menos que o líder Fluminense

Em jogo que marcou a estreia de Adilson Batista no comando do Corinthians, a equipe alvinegra empatou o clássico com o Palmeiras por 1 a 1, no Pacaembu, e perdeu a chance de reassumir a liderança do Campeonato Brasileiro. Jorge Henrique e Edinho marcaram os gols da partida - a quarta de Luiz Felipe Scolari no comando do time alviverde, ainda sem vitórias desde seu retorno.

Com o resultado, os corintianos chegaram a 25 pontos - um a menos que o líder Fluminense, que venceu o Atlético-PR por 3 a 1 no sábado. Já o Palmeiras, com 15 pontos, segue na zona intermediária da tabela, na 11ª colocação.

Sem o capitão Marcos, vetado por dores no joelho, o Palmeiras teve o retorno do zagueiro Danilo à equipe titular. Já no Corinthians, Adilson manteve o meia Danilo no banco e escalou Jucilei - convocado para a Seleção Brasileira por Mano Menezes.

O time alvinegro começou o jogo melhor, pressionando o Palmeiras no campo de defesa e mantendo a posse de bola. Com 4min, Bruno César bateu falta com perigo de longa distância e Deola espalmou bem. Dois minutos depois, o primeiro lance polêmico do jogo: Armero subiu para cabecear e tocou a bola com o braço na área, mas o pênalti não foi marcado.

A partida prosseguiu com muita marcação no meio de campo, com os times insistindo em tentar jogadas pelo centro e usando pouco as laterais. Porém, o Corinthians tinha mais opções quando ia à frente. Aos 14min, Jorge Henrique ajeitou para Bruno César na entrada da área e o meia bateu por cima da meta.

Todas as jogadas de perigo do Corinthians passavam pelos pés de seu camisa 10. Aos 19min, Bruno César tentou finalizar de pé direito da meia-lua e foi travado; na sequência, bateu de esquerda, mas a bola subiu demais. O Palmeiras tinha Márcio Araújo e Ewerthon abertos pelos lados, mas os dois faziam um mau jogo e deixavam Kléber como o único perigo ofensivo da equipe alviverde. Sozinho, o atacante atormentava a defesa adversária.

Apesar da superioridade, a equipe do Parque São Jorge só abriu o placar em um lance irregular. Em rápido contra-ataque aos 21min, Iarley acionou Bruno César na direita e o meia cruzou rasteiro para a marca do pênalti. Em posição de impedimento, Jorge Henrique completou de letra para as redes.

Depois do gol, o Palmeiras melhorou. Com mais movimentação de Ewerthon, Lincoln e Márcio Araújo, Kléber deixou de ficar isolado na frente e o time passou a acuar o Corinthians. A pressão surtiu efeito aos 33min: Danilo levantou na área e Kléber, em posição legal, cabeceou para ótima defesa de Júlio César. No rebote, Edinho dominou na pequena área e bateu forte para empatar o jogo.

O time de Felipão não repetiu o erro do rival depois de marcar o gol e continuou buscando o ataque. Sem conseguir trocar passes, o Corinthians apostou em bolas longas para o ataque até o fim do primeiro tempo, mas sem sucesso. A última chance antes do intervalo foi um chute de longe de Elias, que passou muito longe do alvo.

A segunda etapa começou equilibrada, novamente com muita marcação. Com Kléber brigando com a defesa corintiana, o Palmeiras levava mais perigo. Aos 3min, em jogada ensaiada, Lincoln levantou na área em cobrança de falta e Ewerthon cabeceou para o gol, mas o lance foi corretamente anulado por impedimento.

Recuado, o Corinthians não conseguia impor seu jogo. Melhor em campo, o Palmeiras chegava mais ao ataque, mas errava passes e não criava chances claras. Com 17min, Adilson tirou Bruno César, que caiu muito de produção no decorrer da partida, para a entrada de Defederico. Felipão respondeu trocando Lincoln por Tinga.

A partida ficou mais truncada e voltou a se equilibrar. Aos 32min, o Palmeiras teve mais um gol anulado corretamente - de novo, Ewerthon vacilou e ficou impedido, antes de receber passe de Kléber dentro da área e chutar rasteiro para as redes. Com 40min, Vítor arriscou de longe, mas mandou por cima da meta, no último lance perigoso do jogo.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 1 x 1 Corinthians

Gols

Palmeiras: Edinho, aos 33min do 1º tempo

Corinthians: Jorge Henrique, aos 21min do 1º tempo

Ponto Forte do Palmeiras

Cresceu após levar o primeiro gol, com maior movimentação do time para apoiar Kléber na frente

Ponto Forte do Corinthians

Começou bem, pressionando e trocando passes no ataque, e dominou até abrir o placar

Ponto Fraco do Palmeiras

Muitos erros de passe no setor ofensivo, impedindo a criação de chances claras de gol

Ponto Fraco do Corinthians

Recuou demais depois de fazer 1 a 0 e deixou o Palmeiras tomar conta da partida

Personagem do jogo

Kléber, que brigou quase sozinho com a defesa corintiana e levou a melhor na maioria das vezes

Lances polêmicos

- Armero tocou a bola com o braço dentro da área quando subiu para cabecear aos 6min do primeiro tempo, mas o pênalti não foi marcado

- Jorge Henrique estava impedido quando abriu o placar para o Corinthians aos 21min do primeiro tempo

Esquema Tático do Palmeiras

4-2-3-1

Deola; Vítor, Maurício Ramos, Danilo e Armero; Pierre e Edinho; Márcio Araújo, Lincoln (Tinga) e Ewerthon (Patrik); Kléber. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Esquema Tático do Corinthians

4-4-2

Júlio César; Alessandro, Chicão, William e Leandro Castán; Ralf, Elias (Paulinho), Jucilei e Bruno César (Defederico); Jorge Henrique e Iarley (Souza). Técnico: Adilson Batista

Cartões amarelos

Palmeiras: Danilo, Márcio Araújo e Armero

Corinthians: Chicão, Bruno César, William, Alessandro, Leandro Castán e Jorge Henrique

Árbitro

Paulo César de Oliveira (SP)

Local

Estádio do Pacaembu, São Paulo (SP)

Público

25.139

Renda

R$ 888.586,00



Fonte: Terra, www.terra.com.br