Corinthians empata e lidera grupo 1

Com este resultado, o Corinthians se mantém na liderança do Grupo 1 da Copa Libertadores

Em sua segunda partida pela Copa Libertadores no ano do centenário, a primeira fora de casa, o Corinthians segurou o ímpeto do Independiente Medellín e voltará ao Brasil com um empate de 1 a 1 na bagagem. O tento colombiano foi marcado apenas aos 30 minutos do segundo tempo, pelo meia Valoyes, mas Dentinho empatou aos 40.

Com este resultado, o Corinthians se mantém na liderança do Grupo 1 da Copa Libertadores. O time colombiano soma dois pontos, enquanto o brasileiro tem quatro, já que havia vencido o Racing-URU na estreia por 2 a 1, no estádio do Pacaembu. A próxima partida do time de Mano Menezes será no dia 17, contra o Cerro Porteño, fora de casa.

Antes do início do jogo, uma surpresa. Mano Menezes optou por colocar Jucilei no lugar de Tcheco, além de Marcelo Mattos no lugar do lesionado Alessandro. Essa nova formação, porém, não evitou que o Independiente tomasse o controle da partida logo nos primeiros minutos. Tanto que o primeiro grande lance da partida aconteceu já aos 9 min, quando Restrepo arriscou da intermediária e obrigou Felipe a espalmar para o escanteio.

Pouco mais de cinco minutos depois, porém, o Corinthians já havia conseguido equilibrar as ações no meio de campo e começou a criar algumas jogadas. Em um destes lances, aos 16, Jorge Henrique cruzou da direita, Ronaldo conseguiu o domínio, mas Ortiz apareceu bem para desviar pela linha de fundo. Ronaldo e Jorge Henrique, aliás, eram os que mais buscavam armar as jogadas corintianas, muitas vezes com a ajuda do lateral Roberto Carlos.

Aos 36, o mesmo Jorge Henrique faz belo passe para Roberto Carlos, mas o goleiro Bobadilla deixou a meta e travou o chute do lateral. No minuto seguinte, no entanto, o Independiente respondeu com Pardo, que foi acionado no ataque, invadiu a área, driblou William e concluiu para excelente defesa de Felipe. Apesar de bons lances, o placar se manteve sem gols até o intervalo.

Já no segundo tempo, os dois times voltaram com a mesma formação e o mesmo estilo de jogo. A diferença era apenas a maior ousadia do Independiente, que só não conseguia melhores resultados por causa dos impedimetos marcados pelo árbitro da partida, o argentino Sergio Pezzota, e pela falta de pontaria em alguns lance. Já o Corinthians se limitou a trocar Danilo por Dentinho aos 14 min, a fim de melhorar a velocidade.

Afinal, naquele momento do jogo o time de Mano Menezes tinha bom volume de jogo, mas errava muitos passes nos contra-ataques. Porém, o Independiente chegava melhor ao ataque e, de tanto insistir, conseguiu furar o bloqueio corintiano. Aos 30 min, Valencia cruzou da esquerda, a bola desviou no meio do caminho e sobrou para Valoyes. O meia chutou na saída de Felipe e abriu o placar em Bogotá: 1 a 0.

Mesmo com a pressão adversária, o Corinthians manteve a calma e conseguiu igualar o marcador apenas 10 minutos depois. Dentinho, que havia entrado pouco tempo antes, recebeu a bola na frente da área e chutou forte no canto superior, sem chances de defesa para o goleiro Bobadilla: 1 a 1.

A partir daí, o Independiente seguiu forçando os contra-ataques para conseguir pular à frente do placar e garantir os três pontos em casa, mas não teve sucesso. O Corinthians, por sua vez, fazia de tudo para se defender e evitar a derrota. No fim, o time de Mano Menezes levou a melhor e conseguiu um ponto fora de casa.



Fonte: Terra, www.terra.com.br