Corinthians fecha ano centenário sem título

O empate deixa o Corinthians na terceira colocação da tabela, encerrando o torneio com 68 pontos.

O Corinthians terminou o ano em que completa seu centenário sem conquistas. Na última rodada do Campeonato Brasileiro, o time paulista visitou o Goiás neste domingo e apenas empatou por 1 a 1, vendo o Fluminense conseguir seu segundo título nacional da história após derrotar o Guarani por 1 a 0, com gol de Emerson. Os gols do jogo foram feitos por Felipe Amorim e Dentinho.

O empate deixa o Corinthians na terceira colocação da tabela, encerrando o torneio com 68 pontos. Ultrapassado pelo Cruzeiro, que derrotou o Palmeiras de virada por 2 a 1, time paulista terá que disputar uma fase eliminatória para entrar na fase de grupos da Copa Libertadores de 2011.

O Corinthians veio a campo com seu time ideal, contando com Ronaldo no ataque e o meio de campo formado por Ralf, Jucilei, Elias e Bruno César. Na defesa, William fez seu último jogo como profissional, uma vez que anunciou sua aposentadoria a partir do fim da temporada. Já o Goiás, que disputa a final da Copa Sul-Americana, veio com um time reserva e repleto de garotos.







O jogo

Impulsionado pela torcida, o Corinthians começou com amplo domínio, sem medo de finalizar para conseguir abrir o placar cedo. Sem criar jogadas, o Goiás cometia muitas faltas, algumas perto da área. Aos 6min, Roberto Carlos teve chance ao dominar dentro da área, mas chutou por cima do travessão.

Como o time da casa se postava fechado em seu campo de defesa, o Corinthians passou a apostar na bola aérea, também porque o Goiás cedia muitos escanteios. A defesa anfitriã, porém, levava a melhor pelo alto.

Ainda que os visitantes estivessem melhor, quem abriu placar foi o Goiás em um lance bizarro aos 19min. Júlio César saiu do gol para receber bola recuada e chutou para a intermediária. Que ficou com a bola, porém, foi Felipe Amorim, que finalizou de longe para o gol vazio, superando o goleiro corintiano que ainda tentou consertar o erro.

O Corinthians se abalou com o gol, saindo pouco para o jogo após ser vazado, mas demorou poucos minutos para empatar. Aos 29min, o ataque trabalhou boa jogada dentro da área e a bola sobrou para Dentinho, que finalizou forte, igualando o placar. Quatro minutos depois, o time paulista ficou perto de virar em chute cruzado de Elias, mas a bola saiu à direita do gol goiano.

Nos instantes finais do primeiro tempo, o Goiás melhorou e passou a atacar mais, mas não conseguia uma finalização. A zaga corintiana era mais eficiente, especialmente na bola área, e manteve o placar.

Segundo tempo

No segundo tempo, o time paulista voltou a manter a posse de bola no ataque, mas sem conseguir abrir espaços. Desta maneira, Tite sacou Ralf e apostou na entrada de Jorge Henrique. Ainda sim, que ficou perto de marcar foi o Goiás, aos 9min, em chute de Camacho que passou por cima do travessão.

O time goiano acertou sua defesa e parou de dar espaços ao Corinthians no meio de campo, marcando inclusive a saída de bola adversária. O esquema mais ofensivo com a entrada de Jorge Henrique não surtiu efeito imediato, ainda mais pelo baixo desempenho de Ronaldo. O Goiás ficou perto de fazer o segundo gol aos 19min, em lance de contra-ataque, mas a defesa efetuou o desarme na hora certa.

O time do Corinthians demonstrava nervosismo e, para complicar ainda mais a situação, o Fluminense abriu o placar contra o Guarani com Emerson, no momento em que o marcador indicava 21min no Serra Dourada. Danilo entrou em campo substituindo Bruno César, e o time passou a atacar com maior intensidade.

A melhor chance de gol do Corinthians no segundo tempo saiu aos 29min, quando Alessandro foi lançado na área e tocou por cima do gol. Na sequência, o Goiás ameaçou com Felipe Amorim, mas Júlio César fez boa defesa. A resposta corintiana foi com Dentinho, aos 31min, em bicicleta que passou perto do travessão.

O primeiro lance de perigo de Ronaldo saiu somente aos 38min. Ronaldo chutou de fora da área e acertou a trave esquerda, assuntando o time do Goiás. O Corinthians seguiu atacando até o minuto final, mas parou na defesa goiana e viu o centenário vazio de títulos.

Fonte: Terra, www.terra.com.br