Corinthians goleia e assume a liderança do Paulistão

Alvinegro não teve nenhum trabalho para dominar o jogo e vencer o time do interior, que conheceu sua primeira derrota no Paulistão 2009

Sem muitas dificuldades, o Corinthians derrotou o Oeste por 4 a 1, neste sábado à tarde, no Pacaembu, foi a dez pontos, e dorme na liderança do Paulistão (assista aos gols do jogo no vídeo ao lado). Santos e São Paulo, que enfrentam Ituano e Santo André, respectivamente, podem se igualar em pontos ao Timão se vencerem. Já o Palmeiras recupera a ponta caso vença a Ponte Preta, em Campinas. Os três rivais corintianos jogam neste domingo. O Oeste, por sua vez, perdeu a invencibilidade. O time vinha de uma vitória e dois empates. Segue com cinco pontos.

<object width="480" height="392"><param value="http://video.globo.com/Portal/videos/cda/player/player.swf" name="movie" /><param value="high" name="quality" /><param value="midiaId=957926&autoStart=false&width=480&height=392" name="FlashVars" /><embed width="480" height="392" flashvars="midiaId=957926&autoStart=false&width=480&height=392" type="application/x-shockwave-flash" quality="high" src="http://video.globo.com/Portal/videos/cda/player/player.swf"></embed></object>

<b>Timão domina sem muitos sustos</b>

O Corinthians não apresentou um grande futebol no primeiro tempo, mas conseguiu abrir o placar e dominar o jogo com tranquilidade porque seu adversário, Oeste, não teve nenhuma ousadia. O time do interior passou todo o primeiro tempo acuado, apenas marcando e tentando parar o jogo com faltas. O Alvinegro saiu na frente logo aos dois minutos de jogo. Após escanteio de Eduardo Ramos, o zagueiro Adriano, do Oeste, tentou afastar, mas se atrapalhou todo e acabou marcando contra.

Mesmo com a desvantagem no placar, o Oeste manteve a mesma postura defensiva. Tinha apenas Mirandinha na frente, brigando com os zagueiros Chicão e William, do Timão. A missão era muito complicada e o atacante mal pegou na bola. Com o adversário dominado, o Corinthians, criava chances, mas não conseguia completar.

A principal delas saiu aos 27. Chicão, bancando o ponta-direita, fez um belo cruzamento para Souza. Livre, dentro da pequena área, o atacante completou de primeira, mas conseguiu errar o alvo.

Se o primeiro tempo, apesar de movimentado, teve apenas um gol, o segundo começou a todo vapor. Em 15 minutos, as redes já haviam sido balançadas três vezes. A primeira logo aos 5, quando Otacílio Neto ampliou para o Corinthians completando, de cabeça, cruzamento de Alessandro. O Timão nem teve muito tempo para comemorar. Aos nove, Ademar invadiu a área pela esquerda e foi derrubado por Chicão. Pênalti convertido por Dias. O Oeste diminuía.

Mas o gol da equipe visitante não tirou a calma do Corinthians. O alvinegro continuava mandando no jogo, marcando forte e tentando abrir espaços com a movimentação constante do seu quarteto de meio-de-campo: Fabinho, Elias, Diogo e Eduardo Ramos. Aos 14, Chicão se redimiu do pênalti cometido batendo uma falta com perfeição e ampliando para o Timão.

O Oeste, entregue, mal passava do meio-de-campo. Quando conseguia se aproximar da área corintiana, errava o passe final. O Timão, por sua vez, dominava sem dificuldades e criava chances. O quarto gol era só uma questão de tempo. E ele saiu aos 44. Leandro Mello derr

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com