Corinthians goleia Sertãozinho por 4 a 0 e assume a liderança do Paulistão

Corinthians goleia Sertãozinho por 4 a 0 e assume a liderança do Paulistão

Chicão, Jorge Henrique, Marcelo Mattos e Edno marcaram os gols do time

O Corinthians recuperou a liderança do Campeonato Paulista, pelo menos provisoriamente. A equipe comandada por Mano Menezes aproveitou a fragilidade do Sertãozinho e para aplicar uma goleada por 4 a 0 na tarde deste sábado (6), no Pacaembu, com gols de Chicão, Jorge Henrique, Marcelo Mattos e Edno.

Agora com 14 pontos ganhos, o Corinthians poderá ser ultrapassado por Santos (13 pontos), Botafogo-SP (13), São Paulo (11) e Ponte Preta (11) no complemento da sétima rodada do Estadual. Já o Sertãozinho caiu para a última posição da tabela, com somente 4 pontos e nenhuma vitória conquistada.

O próximo jogo do time da capital será cpntra a Portuguesa, no sábado (13), no Canindé. No mesmo dia, o Sertãozinho tentará se recuperar contra a Ponte Preta (única algoz corintiana em 2010), no estádio Moisés Lucarelli.

O jogo

Os primeiros oito minutos de Roberto Carlos em campo foram completamente distintos dos últimos oito, quando ele foi expulso no clássico contra o Palmeiras. Desta vez, o veterano apareceu bastante no ataque. Fez diversos cruzamentos, sempre interceptados pela defesa do Sertãozinho. Mais tarde, aplicou até um chapéu em Ricardo Lopes e levantou o público em uma cobrança de falta.

Roberto Carlos não era o único jogador do Corinthians que estava inspirado. Como era previsível, o time de Mano Menezes começou o jogo no ataque. Abriu o placar logo aos sete minutos do primeiro tempo. O goleiro Luiz Henrique soltou a bola após um chute de Tcheco. Atento, o zagueiro Chicão aproveitou o rebote e completou para dentro.

O Corinthians se acomodou depois do gol, e abriu espaço para o time do interior paulista. Quando finalmente conseguiu passar do meio-campo, o Sertãozinho levou perigo ao goleiro Felipe. O atacante Léo Mineiro ganhou espaço pelo lado esquerdo e chegou a acertar a trave aos 13min. Um cartão amarelo mostrado a Harison, no entanto, foi o suficiente para voltar a acuar o time do interior paulista. O atleta punido pela arbitragem acabou substituído por Adoniran.

Reanimado pelos gritos de sua torcida, e do técnico Mano Menezes, o Corinthians retomou o controle do confronto. Chicão quase balançou as redes novamente, agora com uma cabeçada que Luiz Henrique defendeu com os pés. O goleiro também salvou uma finalização de Iarley. Aos 43min, porém, nada pôde fazer para evitar o gol de Jorge Henrique, que chutou no canto, de fora da área.

O panorama do jogo não mudou no segundo tempo. Roberto Carlos demonstrava ainda mais disposição ofensiva, com chutes de longa distância. Foi assim que o Corinthians ampliou o marcador. Aos 14min, o lateral esquerdo passou a bola para Marcelo Mattos, que acertou o gol em conclusão da entrada da área. Contestado recentemente, o volante chorou e foi abraçado por seus companheiros.

O Sertãozinho tentou evitar uma goleada, com Washington no lugar de Léo Mineiro (um dos melhores em campo pelos visitantes). No Corinthians, duas mudanças foram forçadas por contusões. Tcheco e Dentinho deixaram o campo na maca e acabaram substituídos por Jucilei e Morais. Já Edno ganhou uma oportunidade quando Iarley saiu, por opção técnica.

Mesmo diminuindo o ritmo nos minutos finais de partida, o Corinthians conseguiu marcar mais um gol. Aos 38min, Edno recebeu a bola de Jorge Henrique e bateu rasteiro para fechar o placar: 4 a 0, liderança provisória assegurada e festa no Pacaembu.

Fonte: R7, www.r7.com