Corinthians só empata com o Atlético-PR

Ronaldo voltou a marcar um gol pelo Corinthians depois de 18 rodadas do Campeonato Brasileiro

Ronaldo voltou a marcar um gol pelo Corinthians depois de 18 rodadas do Campeonato Brasileiro, mas o time paulista cedeu o empate por 1 a 1 para o Atlético-PR, nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, e viu o Fluminense abrir três pontos de vantagem na liderança. O camisa 9 abriu o placar de pênalti na primeira etapa, mas Bruno Mineiro, também cobrando penalidade, deixou tudo igual após o intervalo.

Os dois lances foram polêmicos e protagonizados por Wagner Diniz. No primeiro, o lateral do time rubro-negro tocou a bola com a mão dentro da área, aparentemente sem intenção. No segundo, se atirou em disputa de bola com Leandro Castán e enganou a arbitragem.

Com o resultado, a equipe paulista chegou a 38 pontos, na segunda colocação. O líder Fluminense, que venceu o Ceará nesta quarta, tem 41. Já o Atlético-PR, com 28 pontos, segue na sétima posição.

Ronaldo voltou a aparecer como titular no Corinthians após ter sido poupado na última rodada, contra o Goiás. Do lado paranaense, o técnico Paulo César Carpegiani escalou Branquinho e Maikon Leite apoiando Bruno Mineiro no ataque, com Paulo Baier vindo de trás.

Mesmo fora de casa, o time paulista assumiu o controle do jogo nos primeiros minutos. Com um bom toque de bola no meio de campo, os comandados de Adilson Batista mantinham a posse de bola e criavam as melhores chances. Aos 4min, Ronaldo arriscou de longe, mas mandou para fora.

O camisa 9 corintiano teve uma ótima chance aos 12min, quando recebeu passe de Jorge Henrique e saiu cara a cara com o goleiro Neto. Porém, não conseguiu dominar a bola completamente e acabou chutando em cima do camisa 1 rubro-negro, que saiu bem para abafar a jogada.

A equipe alvinegra seguia mais perigosa, tocando a bola e marcando bem os avanços de Maikon Leite, Branquinho e Paulo Baier. Aos 20min, Roberto Carlos soltou a bomba de longe, a bola desviou na defesa e exigiu boa defesa de Neto, que pulou para espalmar.

A primeira chegada efetiva dos donos da casa foi só aos 30min. Paulo Baier levantou bola na área e Bruno Mineiro cabeceou com perigo, mas Júlio César segurou firme. Pouco depois, o Corinthians teve um pênalti marcado a seu favor: Ronaldo, que voltou a mostrar boa movimentação em campo, tentou finalizar do bico da área e a bola bateu no braço de Wagner Diniz.

O árbitro Jaílson Macedo Freitas interpretou o lance como intencional e o próprio camisa 9 foi para a cobrança. Ronaldo chutou forte e deslocou o goleiro Neto, abrindo o placar para o time do Parque São Jorge e marcando seu segundo gol no Campeonato Brasileiro - o outro havia sido na primeira rodada, exatamente contra o Atlético-PR, também de pênalti.

Adilson Batista optou por sacar Ronaldo no intervalo, colocando Iarley em seu lugar. A postura do Corinthians, porém, não mudou, e o time continuou ditando o ritmo da partida no segundo tempo. Aos 9min, Ralf tabelou com Jucilei e bateu forte de fora da área, mas Neto defendeu bem.

Com o atacante Iván González no lugar do volante Deivid, o Atlético-PR se lançou à frente e conseguiu o empate aos 22min, também de pênalti. Wagner Diniz foi acionado na área e se jogou em disputa com Leandro Castán, mas o árbitro marcou a infração. Bruno Mineiro cobrou com categoria para deixar tudo igual.

A partida ficou quente depois do empate rubro-negro e Jaílson Macedo Freitas teve que controlar os ânimos com cartões amarelos. Em poucos minutos, Elias, Alessandro e Bruno César foram advertidos pelo juiz.

O jogo ficou aberto nos minutos finais e Elias teve grande chance de dar a vitória ao Corinthians aos 41min. O volante recebeu lançamento na área e apareceu de frente para o gol, mas desviou mal de pé direito e mandou por cima da meta.



FICHA TÉCNICA

Atlético-PR 1 x 1 Corinthians

Gols

Atlético-PR: Bruno Mineiro, aos 22min do 2º tempo

Corinthians: Ronaldo, aos 35min do 1º tempo

Ponto Forte do Atlético-PR

Melhorou com a entrada de González e diminuiu o domínio corintiano na partida

Ponto Forte do Corinthians

Controlou o ritmo durante quase todo o jogo, com toque de bola e marcação forte

Ponto Fraco do Atlético-PR

Mesmo jogando em casa, foi acuado na primeira etapa

Ponto Fraco do Corinthians

Relaxou na segunda etapa e perdeu a chance de matar a partida

Personagem do jogo

Ronaldo, que voltou a balançar as redes com a camisa corintiana

Lances polêmicos

- Wagner Diniz não pareceu ter tido a intenção de tocar na bola com o braço, no lance que resultou no pênalti a favor do Corinthians

- Wagner Diniz se jogou na área no lance com Leandro Castán que originou o pênalti a favor do Atlético-PR

Esquema Tático do Atlético-PR

4-3-3

Neto; Wagner Diniz, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Chico, Deivid (Iván González) e Paulo Baier (Vítor); Branquinho, Bruno Mineiro e Maikon Leite. Técnico: Paulo César Carpegiani

Esquema Tático do Corinthians

4-4-2

Júlio César; Alessandro, William, Leandro Castán e Roberto Carlos (Paulinho); Ralf, Jucilei, Elias e Bruno César (Danilo); Jorge Henrique e Ronaldo (Iarley). Técnico: Adilson Batista

Cartões amarelos

Atlético-PR: Maikon Leite e Wagner Diniz

Corinthians: Paulinho, Leandro Castán, Elias, Alessandro e Bruno César

Árbitro

Jaílson Macedo Freitas (BA)

Local

Arena da Baixada, Curitiba (PR)

Fonte: Terra, www.terra.com.br