Corinthians sofre mas arranca virada no fim contra o Catanduvense

Com o resultado positivo conquistado no sufoco, o Corinthians chegou aos 29 pontos

O Corinthians sofreu, mas conseguiu somar mais três pontos no Campeonato Paulista. Na noite desta quarta-feira, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo, o clube do Parque São Jorge derrotou o Grêmio Catanduvense por 2 a 1, com um gol de Danilo nos acréscimos, depois de parar na trave do clube interiorano em quatro oportunidades. Além do camisa 20, Alessandro (contra) marcou para o time de Catanduva, enquanto Paulinho marcou o primeiro tento dos mandantes.

Com o resultado positivo conquistado no sufoco, o Corinthians chegou aos 29 pontos e manteve a tranquilidade na liderança da competição - o atual vice-campeão estadual possui quatro pontos de vantagem sobre o arquirrival Palmeiras, que bateu nesta quarta-feira o Linense por 3 a 1. O Catanduvense, por outro lado, segue com apenas sete pontos, posicionado na zona de rebaixamento.

Embalado pela vitória difícil desta noite, o Corinthians terá um difícil compromisso no final de semana. No domingo, às 16h (de Brasília), a equipe de Tite terá pela frente o Santos, na reinauguração da Vila Belmiro. Já o Catanduvense, que não vence há quatro partidas, encara no sábado, às 18h30, a Portuguesa, no Estádio do Canindé.

Corinthians sofre com a trave, mas marca no fim e vence

Tite durante as últimas semanas reclamou da falta de intensidade da equipe do Parque São Jorge, e diante do Catanduvense, mais uma vez o Corinthians não conseguiu se impor. Lento na criação de jogadas, o time alvinegro falhou ao tentar pressionar a defesa adversária, como teoricamente se desenhava o confronto desta noite em São Paulo.

Sem receber a pressão esperada do adversário, o Catanduvense aos poucos se soltou em campo. Aos 26min, o time visitante por pouco não abriu o marcador. O lateral esquerdo Anderson Paim recebeu bola na intermediária e arriscou de longe. Júlio César precisou se esticar todo para evitar o gol do Catanduvense no lance.

O susto acordou o Corinthians, que teve a principal oportunidade da primeira etapa aos 29min. Liedson tocou para Fábio Santos, mas, antes de o passe chegar ao lateral, a bola bateu no braço de um defensor. Pênalti marcado. Na cobrança, Alex marcou; entretanto, a arbitragem anulou alegando invasão. Na segunda oportunidade, o camisa 12 arrematou na trave, no primeiro encontro do time do Parque São Jorge com o poste.

O Corinthians se abateu com o lance perdido. O clube comandado por Tite caiu de rendimento ao final da etapa complementar, e permitiu ao Catanduvense acreditar que poderia surpreender o líder do Campeonato Paulista no Estádio do Pacaembu. Recuado e fechado, o visitante aos poucos se posicionou mais à frente e passou a ameaçar em contra-ataques.

¿Gostando do jogo¿, o Catanduvense conseguiu aumentar a pressão sobre o Corinthians. Aos 6min, Alex cruzou na medida para Paulinho, que tocou de cabeça na trave. Na sequência do lance, os visitantes puxaram um rápido contra-ataque. Depois de toque para Dairo, Alessandro e Chicão se atrapalharam, e o lateral direito tocou a bola contra o próprio patrimônio.

O Corinthians se desorganizou com o gol adversário. Tite precisou colocar Élton, Douglas e Gilsinho, nos lugares de Willian, Alex e Alessandro, para, enfim, conseguir pressionar o Catanduvense. O resultado das alterações, contudo, acabaram barrados na trave, acertada por Chicão - terceira vez pelo time no confronto.

Tanta pressão deu resultado somente aos 35min. Depois de cobrança de escanteio de Douglas e desvio na primeira trave, Liedson carimbou a trave. No rebote, Wallace dividiu de cabeça e a bola sobrou para Paulinho dividir com o zagueiro e balançar as redes do adversário, iniciando uma enorme pressão do clube alvinegro.

O forte ritmo acabou recompensado nos acréscimos. Depois de bola levantada para a área por Wallace, Danilo arrematou de primeira e decidiu a partida para o Corinthians, que manteve a primeira colocação ao somar a nona vitória na competição estadual.


Corinthians sofre mas arranca virada no fim contra o Catanduvense

Fonte: Terra