Corinthians tenta vencer Palmeiras sem Ronaldo

Corinthians tenta vencer Palmeiras sem Ronaldo

Boas atuações de Fenômeno sustentaram o Timão nos clássicos do ano passado

Com a lesão de Ronaldo e a confirmação do desfalque do atacante corintiano para o clássico contra o Palmeiras, o time de Mano Menezes terá de encontrar uma nova inspiração para quebrar um jejum de mais de três anos sem vencer o rival. Em 2009, Ronaldo foi o principal jogador corintiano nos clássicos e salvou a equipe do Parque São Jorge em situações difíceis contra os principais rivais.

O primeiro clássico de Ronaldo em 2009 foi o famoso empate por 1 a 1 contra o Palmeiras, em 8 de março, quando o Fenômeno empatou o jogo com um gol de cabeça nos acréscimos da partida. Antes disso, o Corinthians havia disputado apenas um clássico, com empate contra o São Paulo.

Diante do Santos, ainda pela primeira fase do Campeonato Paulista, foi Dentinho quem marcou o gol da vitória corintiana, mas, depois daquela partida, Ronaldo foi o regente dos sucessos alvinegros nos clássicos, e comandou a equipe mesmo quando o time só empatava.

Nas semifinais do Paulista, contra o São Paulo, o Fenômeno marcou gol na segunda partida, disputada no estádio do Morumbi, e ajudou o time a se classificar para a final, diante do Santos. Ante o Peixe, na Vila Belmiro, Ronaldo teve uma de suas melhores apresentações do ano e saiu aclamado por Pelé após marcar dois gols, o segundo deles um golaço, encobrindo Fábio Costa.

O Corinthians se tornaria campeão estadual invicto no jogo seguinte, empatando a partida utilizando o regulamento, que estava ao lado do Alvinegro após os dois gols de Ronaldo na vitória por 3 a 1 fora de casa.

No Brasileirão, Ronaldo voltou a ser protagonista em clássicos para o Corinthians. A primeira derrota do time contra rivais paulistas no ano ocorreu contra o Santos, no primeiro turno, em jogo no qual o Fenômeno não atuou.

Na sequência, o Timão venceu o São Paulo por 3 a 1, com Ronaldo, e perdeu para o Palmeiras por 3 a 0, na partida em que o atacante fraturou a mão, deixando o gramado ainda no primeiro tempo.

Ronaldo ainda disputou mais dois clássicos em 2009. No primeiro, empatou com o São Paulo por 1 a 1, e fez gol. No segundo, mais uma igualdade, diante do Palmeiras, por 2 a 2, e dois gols do jogador.

Foram sete gols do Fenômeno em dez clássicos no ano passado. Com ele em campo, o Timão, nos jogos contra Palmeiras, Santos e São Paulo, teve cinco vitórias, quatro empates e uma derrota. Sem ele: uma vitória, um empate e uma derrota.

Fonte: R7, www.r7.com