Timão vence XV e assume liderança provisória: 1a 0

Timão vence XV e assume liderança provisória: 1a 0

O resultado positivo deixou o Corinthians com 37 pontos, três a mais do que o agora vice-líder São Paulo

A formação mista do Corinthians voltou a corresponder as expectativas de Tite. Com uma atuação segura em um jogo morno, o clube do Parque São Jorge derrotou o XV de Piracicaba pelo placar de 1 a 0, na noite fria desta quarta-feira, e assumiu a liderança provisória do Campeonato Paulista. O lateral esquerdo Ramon, um dos reservas a conquistar a chance de atuar como titular, acabou sendo o responsável pelo único gol do confronto disputado em meio a um Pacaembu com fraco público.

O resultado positivo deixou o Corinthians com 37 pontos, três a mais do que o agora vice-líder São Paulo, que enfrenta o Catanduvense, na Arena Barueri, nesta quinta-feira e retomará a primeira posição em caso de vitória. Por outro lado, o XV de Piracicaba segue estacionado com somente 11, na 17ª colocação, e como um dos principais candidatos a cair à Segunda Divisão do Estadual.

Embalado por mais uma vitória na competição estadual, o Corinthians permanece focado somente no Paulista. No próximo domingo, a partir das 16h (de Brasília), a equipe comandada por Tite terá pela frente o Oeste, fora de casa. Por outro lado, o XV de Piracicaba, ainda mais ameaçado na tabela por conta do revés desta quarta-feira, encarará no final de semana o Comercial.

Primeiro tempo morno e sem chances no Pacaembu

Com uma escalação jamais usada antes pelo técnico Tite, o Corinthians entrou em campo no Estádio do Pacaembu poupando nada menos que oito de seus titulares - Júlio César, Fábio Santos, Chicão, Paulinho, Alex, Jorge Henrique, Danilo e Liedson ficaram de fora do duelo. O atacante Emerson, que tem frequentado o banco de reservas, foi titular no ataque ao lado de Gilsinho e Elton.

Completaram a escalação alvinegra o goleiro Cássio, estreante da noite, o zagueiro Marquinhos, o lateral esquerdo Ramón e os meio-campistas Ramírez e Douglas, além do titular zagueiro Leandro Castán e do ala direito Alessandro, totalmente recuperado de lesão que o afastou dos últimos confrontos corintianos na temporada - quem ocupava o setor era o improvisado volante Edenilson, que ficou no banco nesta quarta.

E, desde o primeiro minuto, o Corinthians sentiu a falta de entrosamento e não levava perigo ao gol do XV de Piracicaba. O adversário, inspirado pela empolgada torcida piracicabana que fazia bastante barulho nas arquibancadas do Pacaembu, parecia mais à vontade na partida, já que os corintianos penavam na hora das finalizações. Por isso, a primeira boa chance foi do XV, aos 20min, em chute de Diguinho que saiu à direita do alvo.

O Corinthians respondeu em seguida com Alessandro, que avançou pela direita e cruzou na cabeça de Elton, mas o atacante não conseguiu concluir com direção ao gol - cabeceou longe da meta do time de Piracicaba. A partir daí, Émerson se animou e começou a criar mais jogadas no ataque da equipe da casa. Aos 33min, o camisa 11 alçou para Gilsinho, que por pouco não abriu o placar no Pacaembu.

Os minutos finais da etapa inicial seguiram sem maiores chances para ambas as equipes. De agitado só o princípio de duas confusões entre os jogadores: primeiro após uma cotovelada de Elton no goleiro Gilson, que caiu com dores no gramado. Depois, com Leandro Castán, que chutou a bola em cima de um rival deitado na lateral do campo, e gerou a ira dos piracicabanos. Entretanto, o árbitro encerrou o primeiro tempo em seguida.

Corinthians marca "gol relâmpago" e assume a liderança do Paulista

A apatia corintiana da primeira etapa acabou curada com menos de um minuto de partida. Depois de longo lançamento para o lado esquerdo, Ramon dominou e arrancou. Sem ver as opções ofensivas, o lateral passou por três defensores antes de finalizar com potência, no canto esquerdo do goleiro Gilson. Gol que diminuiu a pressão sobre o "mistão" corintiano em campo na noite desta quarta-feira.

O tento anotado por Ramon deixou o XV de Piracicaba ainda mais discreto dentro de campo. O clube visitante permaneceu com uma postura defensiva e sem arriscar tantos contra-ataques. Dessa forma, o Corinthians se manteve no campo ofensivo e quase ampliou aos 19min, quando Ramírez achou Elton em grande condição. O centroavante bateu e exigiu ótima defesa do goleiro adversário.

A tranquilidade adquirida pelo gol logo no início da segunda etapa permitiu ao Corinthians trabalhar a bola sem forçar o setor ofensivo. Mais solto, o time do Parque São Jorge acuou o XV de Piracicaba, que permaneceu durante todo o tempo apenas se preocupando em evitar uma derrota maior. Tite teve até tempo para promover o retorno de Willian, afastado do time em virtude de uma queda técnica.

A melhor oportunidade de empate do XV de Piracicaba ocorreu nos acréscimos. Depois de cobrança de escanteio e desvio na marca do pênalti, o estreante Cássio fez uma linda defesa e evitou que o time visitante estragasse a festa dos pouco mais de sete mil torcedores que encararam o frio desta quarta-feira em São Paulo.

Fonte: Terra