Corinthians vence o Atlético-GO e retorna ao topo do Brasileirão na estreia de Adriano

Corinthians vence o Atlético-GO e retorna ao topo do Brasileirão na estreia de Adriano

Embora as manchetes sejam para Adriano, o principal jogador da partida foi Danilo.

Com um primeiro tempo avassalador, o Corinthians venceu o Atlético-GO em grande estilo e voltou a liderar o Campeonato Brasileiro após quatro rodadas, neste domingo, no Pacaembu. A partida que marca o retorno dos corintianos à liderança também foi de estreia para Adriano: aos 34min do segundo tempo, ele saiu do banco de reservas e participou de forma discreta no triunfo por 3 a 0 sobre os atleticanos.

Embora as manchetes sejam para Adriano, o principal jogador da partida foi Danilo. Assim como havia sido contra o Vasco, há uma semana, o meia conduziu os corintianos em campo com gol, assistência e muito bom futebol. Leandro Castán abriu o caminho para a vitória já no início do jogo e foi seguido por Willian e Alex, que fechou o marcador ainda na etapa inicial.

Adriano teve pouco mais de 10 minutos em campo e praticamente não pegou na bola. Visivelmente acima do peso, o centroavante entrou no lugar de Alex e Tite, pela demora em colocar o jogador em campo, chegou a receber vaias de uma pequena partida da torcida. No último lance do jogo, Ramírez quase deu um gol de presente para ele, que não alcançou a bola.

A contundente vitória sobre o Atlético-GO leva o Corinthians a 51 pontos, um a mais que o Vasco, derrotado pelo Internacional no Beira-Rio. Os atleticanos seguem em 12º lugar com 38 pontos. Os corintianos voltam a jogar no Pacaembu quarta-feira, contra o Botafogo, às 21h50 (de Brasília). O Atlético-GO visita o Avaí no mesmo dia, na Ressacada, mas às 16h.

A primeira etapa exemplar e a estreia de Adriano

Ainda sem Emerson (suspenso) e Liedson (lesionado), o Corinthians repetiu o sistema de jogo que deu certo no empate contra o Vasco, em São Januário, há uma semana. A única mudança foi Moradei no lugar de Ralf, que serve a Seleção Brasileira. O Atlético-GO, que venceu o Botafogo na última rodada, voltou a deixar o volante Bida na armação de jogadas, mas desta vez não funcionou.

Em 45 minutos de jogo, o Corinthians esmagou o Atlético-GO com a marcação adiantada, inversões de posicionamento na frente e três gols que praticamente já definiriam a partida no Pacaembu. Alex, o jogador mais adiantado, voltou a se entender bem com Danilo, o dono da partida. Willian também teve uma participação acima da média.

Já aos 7min, o Corinthians chegou ao ataque com autoridade. Fábio Santos desceu bonito à linha de funda e colocou a bola na cabeça de Danilo, que acertou o travessão. Na sequência do lance, Alex cobrou escanteio, Leandro Castán venceu Leonardo pelo alto e escorou na pequena área sem qualquer chance para Márcio.

A partida continuou toda sob o domínio corintiano, com os laterais do Atlético-GO bloqueados pela marcação de Willian e Jorge Henrique e Bida, o articulador da equipe, preso entre Moradei e Fábio Santos. Aos 22min, Willian achou Jorge Henrique bem posicionado, e o atacante errou o alvo.

Nos minutos finais, o Corinthians deslanchou de vez na primeira etapa e consolidou seu domínio. Em jogada de raça, Jorge Henrique partiu da esquerda, tabelou, invadiu a área e, na sobra, Willian bateu de esquerda para dobrar a vantagem aos 37min. Foi seu primeiro gol desde 14 de julho.

Depois de Felipe servir bem e Anselmo perder chance pelo alto, o Corinthians fez seu terceiro. Danilo, em grande atuação, roubou bola na frente e serviu Alex que, de chegada à pequena área, bateu de pé direito, no alto, sem chance para Márcio. Era o fim do melhor tempo da equipe de Tite em muito tempo de Campeonato Brasileiro.

O início do segundo tempo chegou a passar a ideia de que o Atlético-GO poderia diminuir o placar, mas salvo os primeiros minutos, nada demais aconteceu a Júlio César. O goleiro corintiano, aliás, não tomou gol pela terceira vez nos últimos quatro jogos.

Adriano, depois de aquecer por mais de 20 minutos, foi chamado por Tite e entrou em campo no lugar de Alex. A partida também marcou o retorno de Cachito Ramírez ao Corinthians após longa inatividade por conta da Copa América e uma lesão no pé. Tranquilo, o time corintiano fechou o jogo com vitória por 3 a 0 construída em 45 minutos.

Ficha técnica

CORINTHIANS 3 x 0 ATLÉTICO-GO

Gols

CORINTHIANS: Leandro Castán, aos 8min, Willian, aos 37min, Alex, aos 41min do 1º tempo

CORINTHIANS: Júlio César; Alessandro, Paulo André, Leandro Castán e Fábio Santos; Paulinho e Moradei; Willian (Edenílson), Danilo e Jorge Henrique (Ramírez); Alex (Adriano)

Treinador: Tite

ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz (Joílson), Leonardo, Anderson e Thiago Feltri; Agenor (Vítor Júnior); Marino e Ernandes; Bida; Felipe (Diogo Campos) e Anselmo

Treinador: Hélio dos Anjos

Cartões amarelos

CORINTHIANS:

ATLÉTICO-GO: Rafael Cruz, Agenor

Árbitro

Jean Pierre Gonçalves de Lima (RS)

Público e renda

33.609 pagantes / R$ 1.1221.960,00

Local

Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Fonte: Terra