Corinthians vence o Paulista e cola no líder São Paulo

Corinthians vence o Paulista e cola no líder São Paulo

Agora, o Corinthians soma 43 pontos e aparece na segunda posição.

Em mais uma exibição de solidez defensiva, pouca criatividade na frente e eficiência, o Corinthians bateu o Paulista de Jundiaí por seu "resultado favorito" - 1 a 0 - neste domingo, no Pacaembu, mantendo acesa a chance de terminar a primeira fase do Campeonato Paulista na primeira colocação. Willian marcou de cabeça o gol do time alvinegro, que dominou a posse de bola durante o confronto, mas só conseguiu superar a resistência adversária aos 35min do segundo tempo.

Agora, o Corinthians soma 43 pontos e aparece na segunda posição. O líder é o São Paulo, que tem a mesma pontuação, mas vence no saldo de gols (22 a 16). A decisão do primeiro lugar ficará para a última rodada, quando a equipe do Parque São Jorge visita a Ponte Preta em Campinas, e o time do Morumbi vai ao interior encarar o Linense.

Antes de se preocupar novamente com o Estadual, porém, o Corinthians tem outra viagem pela frente: na quarta-feira, o time de Tite enfrenta o Nacional, do Paraguai, pela fase de grupos da Copa Libertadores. O duelo contra a Ponte Preta, que fecha a fase de classificação do Paulista, acontece só no próximo domingo.

O jogo

Com os desfalques de Chicão (suspenso), Alex, Jorge Henrique e Emerson (poupados por dores), Tite armou o Corinthians com Willian e o peruano Ramírez entre os titulares - os dois atuaram abertos e completaram o quarteto ofensivo com Danilo e Liedson. Atrás, o garoto Marquinhos fez dupla de zaga com Leandro Castán. Já o Paulista veio com três volantes, Dener na ligação e ataque formado por Chiquinho e Rychely.

Os primeiros 15 minutos foram de supremacia corintiana: o time da casa dominou as ações e passou muito perto de abrir o placar. Aos 4min, Willian cortou a marcação e bateu firme, mas a bola desviou na zaga e subiu; dez minutos depois, Fábio Santos bateu falta com perigo. Recuado no campo de defesa, o Paulista só assustou com uma descida do lateral esquerdo Reinaldo, que chutou forte para fora.

Aos poucos, porém, o domínio corintiano foi se convertendo em chances criadas pelo time de Jundiaí no contra-ataque. Aos 18min, Dener acertou um chute violento e a bola explodiu no peito de Júlio César. Pouco depois, Rychely teve duas oportunidades na área após jogadas trabalhadas da equipe interiorana, mas o goleiro alvinegro apareceu bem e salvou ambas.

Com Willian, Danilo e Ramírez sofrendo para escapar da marcação e criar jogadas, a bola pouco chegava a Liedson. O Corinthians só voltou a assustar aos 29min, quando Ramírez ajeitou de cabeça uma bola levantada e deixou Willian em boa condição, mas a finalização do camisa 7 saiu por cima. A última chance de um primeiro tempo morno foi do Paulista: aos 43min, o lateral Samuel Xavier cortou a marcação pela direita e bateu com perigo, mas errou o alvo.

A segunda etapa começou no mesmo ritmo da primeira: Corinthians dominando a posse de bola, mas com dificuldades para furar a marcação, e Paulista apostando no contragolpe. Aos 6min, Willian bateu falta da intermediária e exigiu ótima defesa de Vágner. Quatro minutos depois, foi a vez de Fábio Santos ter nova chance na bola parada e errar o alvo da entrada da área. Tite resolveu mudar as coisas aos 15min, tirando Ramírez e apostando na velocidade de Gilsinho.

Figura nula na partida até então, Liedson teve sua primeira chance na área aos 17min: ele recebeu de Willian, girou e bateu, mas pegou mal na bola e mandou fraco, para fora. Pouco depois, o camisa 9 corintiano foi substituído por Elton e saiu sem receber cartão amarelo - ele segue pendurado para a rodada final da primeira fase, contra a Ponte Preta. E o novo centroavante alvinegro já trabalhou aos 22min, servindo Willian pela esquerda, mas o camisa 7 bateu fraco, para fácil defesa de Vágner.

O goleiro do Paulista brilhou duas vezes no mesmo lance, na melhor chance do Corinthians até então: em bela arrancada, Paulinho entrou na área e chutou forte para ótima defesa de Vágner, que pegou também o rebote de Edenílson. A pressão cresceu em campo e nas arquibancadas, e o gol do Corinthians finalmente saiu aos 35min: Fábio Santos abriu pela esquerda e cruzou na medida para Willian, que desviou no primeiro pau para marcar. O Paulista ainda achou tempo para assustar com duas chegadas perigosas nos minutos finais, mas Júlio César trabalhou bem para garantir mais um resultado de 1 a 0 para a equipe alvinegra.

FICHA TÉCNICA

Corinthians 1 x 0 Paulista

Gol

Corinthians: Willian, aos 35min do 2º tempo

Corinthians: Júlio César; Edenílson, Marquinhos, Leandro Castán e Fábio Santos; Paulinho e Ralf; Ramírez (Gilsinho), Danilo (Douglas) e Willian; Liedson (Elton). Técnico: Tite

Paulista: Vágner; Samuel Xavier, Diogo, Diego Ivo e Reinaldo; Bruno Formigoni, Madson e Wellington; Dener (Fabrizzyo); Rychely e Chiquinho (Carlão). Técnico: Luiz Carlos Martins

Cartões amarelos

Corinthians: Willian, Leandro Castán e Paulinho

Paulista: Madson, Diego Ivo e Bruno Formigoni

Árbitro

José Cláudio Filho

Local

Estádio do Pacaembu, São Paulo (SP)

Público

14.864 pagantes

Renda

R$ 388.968,50

Fonte: Terra