Em casa, Coritiba vence Vitória

Ney Franco completa 3 rodadas de invencibilidade, ultrapassa o arquirrival Atlético-PR

O fantasma do rebaixamento está cada vez mais distante do Alto da Glória. Neste domingo, o Coritiba fez o dever de casa, superou o Vitória por 1 a 0 e provou que mudará de briga nesta reta final do Campeonato Brasileiro. Ao invés de lutar para não cair, o time paranaense quer terminar o ano do centenário com uma vaga na Copa Sul-Americana.

Com o resultado conquistado na ensolarada tarde no Couto Pereira, a equipe de Ney Franco completa três rodadas de invencibilidade, ultrapassa o arquirrival Atlético-PR e assume a 14ª colocação, com 41 pontos, apenas um a menos que o Santos, que seria o primeiro classificado à Sul-Americana. Já o Vitória acumula a terceira derrota seguida e é o 11º, com 44.

O jogo começou em ritmo lento. O Coritiba tinha mais posse de bola, mas encontrava dificuldades para furar a retranca dos baianos. Os donos da casa tiveram paciência e abriram placar logo na primeira chance real. Aos 21min, Marcelinho Paraíba bateu escanteio e Leandro desviou para as próprias redes. O árbitro, porém, deu gol para o zagueiro Pereira.

O gol animou os paranaenses, que só não foram para o intervalo com uma vantagem maior graças a Viáfara. O goleiro trabalhou a primeira vez aos 26, defendendo chute venenoso de Marcelinho Paraíba na entrada da área. Aos 38, Ariel fez bela jogada na área e acertou a trave. Marcelinho pegou o rebote, mas parou no colombiano. Mais cinco minutos e Viáfara apareceu bem de novo, após chute forte de Ariel.

Com Leandro Domingues na vaga de William, o Vitória voltou para a etapa final disposto a atacar. Chegou a assustar no início, mas não manteve a pressão e viu o Coritiba retomar o controle do jogo. Ariel, aos 11, e Pereira, aos 23, quase ampliaram de cabeça.

Os visitantes voltaram a se arriscar mais nos 15 minutos finais e deram espaços para contra-ataques. Marcos Aurélio, Leandro Donizete, Ângelo e Thiago Gentil tiveram boas chances, mas desperdiçaram. O Coritiba volta a campo no próximo domingo, quando visita o Botafogo. Um dia antes, o Vitória recebe o Avaí.

Fonte: Terra, www.terra.com.br